Opinião / Notícias

09/03/11 - 11h50 - atualizada em 05/04/11 às 11h07

Sem água não existimos Tá mais do que na hora de acordar

Jussara Harmuch Bendhack

Conheça o sitema de captação e distribuição de água de Irati

Conheça os locais de onde vem a água que bebemos em Irati

Há momentos que a humanidade prefere se individualizar: pessoas procuram se distinguir da multidão que provoca o caos. Mas de nada adianta colocar os pingos nos “is” e tentar fazer parecer que nada tem a ver com o que acontece com o planeta. Chega de justificativas ou lamentações, é hora de ação. Como? Eu nem moro perto de rios, não moro no campo, não sou eu quem polui as nascentes com agrotóxicos, nem jogo lixo nos rios. Antes mesmo de acabar de responder, a própria pessoa sente que suas palavras soam dissonantes.

Não dá para separar cidade e campo. Ora, se você não é agricultor, não come os alimentos produzidos no campo? Não pede comida pronta e embalada? Não procura adquirir coisas para facilitar e fazer render as horas do dia que cada vez parece menor? E o que faz com o lixo que produz em demasia? Põe tudo no saco preto e acabou ali seu problema? Comparados, o lixo de uma família de mesmo tamanho há 40 anos com o de hoje, não posso afirmar, mas acredito que pelo menos dobrou. E falo lixo para tudo que adquirimos, usamos uma vez e estocamos em casa. Faltam armários para guardar tanto treco. Descartáveis demais.Antigamente o leite era distribuído em litros de vidro, não existia fast- food. Vamos culpar os americanos por tudo? É mais fácil do que olhar para dentro de nós mesmos que incorporamos a técnica do mais fácil. Também, para dar conta de tudo que nos propomos a fazer nos dias de hoje, só simplificando as coisas básicas, não importa se triplicamos os dejetos.

Consumismo

Somos catequisados todos os dias para “ter coisas” e isso se transforma em nosso objetivo principal. E o ciclo, todo mundo já conhece. Logo que conseguimos determinada coisa, partimos em busca de outra, quase nem dá tempo de aproveitarmos o bem estar proporcionado pela recente aquisição.

O problema não se resolve quando coloco uma caixa de pizza no lixo reciclado

Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Está na hora de nos policiarmos sobre o que fazemos para fazer cumprir estritamente o significado destas três palavras. Os três erres dependem de nós, mas é preciso ir a fundo, não é fácil reduzir algo que nos dá conforto, portanto é preciso reavaliar nossa visão de bem estar. Reciclar também não é apenas separar, é separar materiais limpos e acompanhar as políticas de reciclagem, os projetos das secretarias municipais para saber o que é feito com o que você separou. Papelão engordurado de pizza, papéis com película de alumínio, são exemplos de materiais que para serem reaproveitados, dependem de tecnologia para separação das matérias-primas empregadas na fabricação do produto.

Código Florestal

A impactação do solo pela substituição da mata ciliar compromete a capacidade de escoamento dos rios. Lavouras próximas às nascentes e rios, distribuem, com a chuva, agrotóxicos às nascentes e rios. Sacolas plásticas deixadas na natureza vão parar em todos os lugares. Se procurar no ambiente mais inóspito, no fundo do rio, no estômago de uma tartaruga, lá tem uma sacola plástica que demora anos para decomposição.

Mas isso é muito complicado, vamos deixar que os políticos, a quem confiamos o voto resolvam isso. Mas em quem mesmo votamos? Aquele em quem votamos está no poder? Ou é um suplente ou outro candidato menos votado que ganhou a vaga pelo cálculo do voto proporcional? Mas isso é de fato muito complicado. Reforma Política e Código Florestal que estão para serem votados no Congresso são coisas para os políticos resolverem, eles têm carta branca.

Tudo está ligado

O lixo que você produz em demasia, não separa e joga em local inapropriado, chega até o rio. A falta de acompanhamento e discussão clara sobre a aprovação do Código Florestal, pautada pelo puxa e repuxa entre ruralistas e ambientalistas que estão em queda de braço. E nós aqui, reduzindo a discussão ao sentimento de piedade. Cada um defendendo os interesses de seus pares, e a natureza... Dela, se espera que aguente tudo. Até quando?  Hoje, não se trata de protegermos um ou outro setor, ou penalizarmos quem vive do plantio da terra. É muito mais grave do que isso. Se não fizermos nada, vamos finalmente conseguir dar cabo de tudo. Nosso compromisso acaba com nossos filhos e netos, o resto que se ...

Podemos pagar para tratar a água. Claro, é um recurso bem aplicado: deixamos de fazer uma distribuição de recursos mais justa entre trabalhadores para tratar a água.

Campanha da fraternidade

Fraternidade e vida no planeta é o lema da Campanha da Fraternidade 2011 que está sendo lançada hoje em todo o país. A criação geme em dores de parto - Rm 8,22.

Que compromisso temos com as outras gerações e com o que Deus nos deu de mais valioso?

O individualismo chega às últimas consequências. Não te incomoda que a natureza geme de noite e de dia e pede mais cuidado?

Você não se admirou com a palavra usada para definir o tema: “geme”, geme de dia e de noite em dores de parto. A palavra é dura e serve de afronta para a maioria que está embebida em um sono que os imuniza de responsabilidade. Tá mais do que na hora de acordar.

Comentários

Enquete

O Imposto sobre Valor Agregado (IVA) deve ser a base da Reforma Tributária?

  • Não
  • Sim
Resultados