Irati e Região / Notícias

06/03/14 - 17h51 - atualizada em 06/03/14 às 17h53

Odilon cobra de empresa solução para coleta de lixo orgânico

Informe publicitário da Prefeitura de Irati 


Com as constantes reclamações que se tem da coleta de lixo orgânico em Irati, o prefeito Odilon Burgath reuniu-se na semana passada com representantes da empresa HMS Resíduos para escutar os colaboradores e para ver o que de fato está acontecendo com os serviços prestados pela empresa. Para Odilon, o problema central é que a coleta de lixo nos bairros está sendo falha e precisa ser resolvida o mais breve possível.

O prefeito deu início a reunião fazendo um breve relato sobre as reclamações que se tem da coleta de lixo, através dos meios de comunicação, via protocolo, redes sociais, entre outros meios utilizados pela população. “A empresa fez uma visita técnica a Irati antes de assinar o contrato e viu a situação do município para iniciar os trabalhos de coleta. É inadmissível que uma empresa como a HMS que coleta lixo em Recife não consiga coletar em Irati”, enfatizou.

Dentre os problemas elencados pelos coletores da empresa, está a necessidade de mais uma equipe para fazer a coleta e também, que quando passam para coletar o lixo, muitas vezes o material não está na frente das residências, sendo que a população coloca o lixo depois que o caminhão passa. Ainda apresentaram que muitos galões que estão nas casas têm materiais como de construção, terra, e outros que não são apropriados para tal coleta, além disso, citaram a mistura de lixo orgânico com reciclável.

Segundo Odilon, a empresa se comprometeu que todos os apontamentos serão equacionados, tendo o prefeito dito que não vai admitir que a coleta de lixo fique por semanas sem ser feita em alguns pontos da cidade. “A empresa ainda se comprometeu a aumentar o turno de trabalho, bem como, reunir-se com os maiores geradores de lixo orgânico, de modo que nos próximos dias as coletas não sofram nenhum atraso e o contrato seja cumprido na íntegra”, finalizou.



Comentários