Irati e Região / Notícias

11/06/19 - 23h15 - atualizada em 12/06/19 às 00h31

Obra de recape asfáltico tem início na Vila Matilde

Obra na rua Augusto Anciutti Sobrinho foi anunciada em 2018, mas não teve início em função do período eleitoral. Neste ano, governo suspendeu repasse de recursos por 60 dias, o que atrasou início dos trabalhos

Da Redação, com informações da Secretaria de Comunicação da Prefeitura

Obra prevê investimentos de R$ 474 mil, sendo R$ 450 mil destinados pelo governo estadual e o restante de contrapartida da prefeitura

Na manhã de segunda-feira, 10, foram iniciadas as obras de recape asfáltico com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) na rua Augusto Anciutti Sobrinho, na Vila Matilde, em Irati. Essa via dá acesso ao Instituto Federal do Paraná (IFPR).

A obra é de responsabilidade do governo estadual e sua retomada foi autorizada na sexta-feira passada, 7, quando o governador Ratinho Junior esteve em Irati. A extensão da obra é de 5.791,26 metros quadrados. O investimento será de R$ 474.748,27, sendo aproximadamente R$ 450 mil repassados pelo governo estadual e o restante de contrapartida municipal. A fiscal da obra é a engenheira civil Osnessa Souza, que trabalha na Secretaria Municipal de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo. A obra está sendo executada pela empresa Antonio Moro & Cia Ltda e tem prazo de execução de seis meses.

No total, serão pavimentados aproximadamente 700 metros da rua, entre o cruzamento com a Rua Athis Fernandes Silva até a entrada do campus do IFPR. A pista terá oito metros de largura. O investimento vai beneficiar mais de 650 alunos, além de empresas e famílias que vivem na região.

Quer receber notícias pelo WhatsApp?

Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua   

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

A liberação da verba para pavimentação da rua Augusto Anciutti Sobrinho foi anunciada ainda em 2018 pelo presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), Ademar Traiano (PSDB), que destinou a emenda parlamentar para essa finalidade. Mesmo com os projetos finalizados e com a licitação realizada, o município não recebeu o dinheiro para iniciar a obra por conta do período eleitoral.

Neste ano, o governo estadual suspendeu o repasse de recursos por 60 dias para revisar todos os convênios e contratos. Em fevereiro, o secretário de Planejamento e Coordenação, João Almeida Junior, havia relatado à Najuá que os recursos estavam garantidos. “Eles pediram para contingenciar os recursos do Estado para eles entenderem como estava a situação. Todos os contratos em aberto, o governador do Estado segurou para fazer uma reanálise. Alguns projetos foram modificados. Para outros, pediram para ter algumas alterações. Mas este, em específico, não foi alterado em nada”, garantiu.

Placa mostra os recursos que serão investidos na obra

A licitação para a realização da obra de pavimentação só foi homologada no dia 21 de março. Na ocasião, o prefeito Jorge Derbli esteve em Curitiba tratando da liberação dos recursos com o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega. Participaram do encontro o diretor-geral da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística, Neto Brustolin, que é assessor do secretário Sandro Alex de Oliveira, e o assessor do deputado estadual Artagão Júnior, Emerson Antoniolli.

PUBLICIDADE

“É um compromisso de campanha que há dois anos eu tenho com a Vila Matilde, com o pessoal das vans, é uma obra extremamente necessária”, frisou Derbli.

Na época, o prefeito citou que a rua João Anciutti Filho, também na Vila Matilde, será pavimentada, através do programa de Financiamento à Infraestrutura e Saneamento (FINISA) da Caixa Econômica Federal. A via deve receber drenagem, pavimentação e urbanismo com calçadas. O custo da obra será entre R$ 800 e 900 mil. Mais de 50 ruas estão contempladas dentro do mesmo projeto, que será financiado através de um empréstimo de R$ 10 milhões, que foi aprovado na Câmara pelos vereadores e depende de alguns trâmites burocráticos para sua efetivação. 

Prazo de execução da obra na via de acesso ao IFPR é de 180 dias

PUBLICIDADE


Comentários