Irati e Região / Notícias

10/04/19 - 17h04 - atualizada em 10/04/19 às 17h08

Moradores de rua terão café da manhã na Páscoa

Ação foi realizada recentemente no Natal por um grupo de voluntários e terá reedição no Domingo de Páscoa, dia 21, em Irati

Paulo Henrique Sava

Caroline Rodrigues é uma das voluntárias do grupo que servirá café da manhã para moradores de rua no domingo de Páscoa, dia 21

Um gesto de amor pelo próximo que já foi realizado no Natal de 2018 será repetido no próximo domingo de Páscoa, dia 21. Um grupo de voluntários irá proporcionar um café da manhã para moradores de rua neste dia. O evento será realizado no salão da Paróquia São Miguel a partir das 07 horas.

Na ocasião, os andarilhos terão a oportunidade de se alimentar e tomar um banho, uma vez que também será proporcionado que eles tenham higiene completa. Caroline Rodrigues, uma das voluntárias do grupo, conta que algumas pessoas se uniram para proporcionar uma Páscoa diferente para aqueles que estão nas ruas.

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

Caroline pede que sejam doados produtos alimentícios para o café da manhã, produtos de higiene pessoal e roupas em bom estado. Qualquer doação pode ser deixada em horário comercial na secretaria da Paróquia São Miguel até quinta-feira, dia 18. No dia do evento, os voluntários estarão na Igreja a partir das 07 horas, onde devem ficar até por volta de meio-dia. Quem não puder contribuir de forma material e quiser ajudar, poderá comparecer neste dia para atuar voluntariamente. “Quem quiser participar no dia com a gente, vendo como funciona este trabalho, pode ir no dia da Páscoa a partir das 07 horas na Paróquia São Miguel e me procurar que conversaremos sobre o funcionamento”, frisou.

Em 2017, foi feita uma ação parecida, porém os voluntários tomaram café na rua com estas pessoas. Caroline conta que esta é uma experiência única. “Ali eu consigo ver, no olhar de cada um, aquele Jesus escondido. Ali eles não têm tanta perspectiva de vida e nem sequer esperança de mudar. Muitos julgam, criticam a maneira como eles vivem, mas tem toda uma história por trás daquilo, assim como nós temos uma história. Eles reagiram diferentemente aos acontecimentos da vida, e acabaram nas ruas da cidade. Estar com eles, tocar nesta realidade, na história, conhecer as famílias, ver toda a dificuldade por trás disto é uma experiência na qual você aprende a valorizar o pouco que tem na vida”, comentou.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua   

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

No Café da Manhã do Natal, participaram 9 voluntários e 20 moradores de rua. Caroline acredita que estes números vão aumentar, uma vez que novos moradores chegaram a Irati. Muitos deles vêm para Irati em busca de oportunidades de emprego e acabam se frustrando, indo para o vício e ficando nas ruas. “Aqueles que conseguimos ajudar e tirar das ruas, fazemos questão que eles procurem outros caminhos”, pontuou.

Caroline informa que, na última semana, dois homens foram encaminhados para a Comunidade Bethânia, na localidade de Arroio Grande. “A cada semana é uma luta, então a gente conta muito com a ajuda da comunidade, que é essencial para este trabalho acontecer”, comentou. Caso não haja vagas, são procurados outros meios de acolhimento destas pessoas.

Para mais informações, entre em contato com Caroline pelo telefone (42) 99830-0914. “É só me procurar que nós estaremos acolhendo e dando a oportunidade de outras pessoas viverem o que nós vivemos diariamente”, finalizou.


Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados