Irati e Região / Notícias

10/05/19 - 15h41 - atualizada em 10/05/19 às 16h27

Diácono iratiense será ordenado sacerdote

Rodrigo Ribas é natural do Guamirim e será ordenado sacerdote em setembro. Preparação para a ordenação inclui show com a banda Anjos de Resgate

Paulo Henrique Sava

Diácono Rodrigo Ribas será ordenado sacerdote no dia 1º de setembro, às 15 horas, na Capela São Pedro, em Guamirim

O iratiense Rodrigo Ribas foi ordenado diácono da Igreja Católica no último dia 28 de abril, durante celebração realizada na Catedral de Ponta Grossa e presidida pelo Bispo da Diocese, Dom Sérgio Arthur Braschi. Um grande número de iratienses participou da celebração.

Ribas é natural da comunidade do Guamirim, que será palco de sua ordenação sacerdotal, a ser realizada no dia 1º de setembro na Capela São Pedro. Em entrevista à Najuá, Rodrigo falou sobre sua trajetória desde o início dos estudos até a ordenação. O diácono conta que tinha um sonho de ser professor e que já estava com a vida “encaminhada” quando recebeu um convite do seminarista João Paulo.

Neste momento, ele decidiu conhecer o seminário, onde acabou voltando tempos depois. “Fui conhecer o seminário e acabei gostando daquela realidade nova. Voltei para casa encantado com o que tinha visto, depois voltei para o Seminário para fazer encontros vocacionais em 2009, e em março de 2010 entrei para o Seminário Diocesano para fazer esta experiência nova. Acredito que entrei embalado pela novidade e foi ao longo da caminhada de nove anos que percebi que esta era a vontade de Deus para a minha vida até chegar à ordenação”.

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

O então seminarista residiu durante um ano na Paróquia Senhor Menino Deus, de Piraí do Sul, período em que exerceu seu estágio pastoral. Nesta oportunidade, ele teve a chance de colocar a teoria em prática. Desde 15 de dezembro, ele está residindo novamente em Irati, na Paróquia São Miguel. Ele disse que pretende visitar todas as comunidades da paróquia.

Ribas está trabalhando e residindo na Paróquia São Miguel, em Irati. Antes disso, ele passou por três seminários diocesanos: o Propedêutico Mãe da Divina Graça, em Carambeí, o de Filosofia São José e o de Teologia São João Maria Vianney, em Ponta Grossa. Foram etapas diferentes, onde o agora diácono percebeu seu crescimento diante de Deus e da comunidade. Assim, ele pode confirmar sua vocação sacerdotal. Durante o período de seminário, ele teve a oportunidade de conhecer a realidade da Diocese, trabalhando pelas pastorais e paróquias. “Foi um momento de intensificar aquilo que eu viveria agora”, comentou.

O diácono diz que também passou por um momento de dúvida se realmente queria seguir neste caminho. “Tem momentos em que, de fato, dá vontade de sair, mas aí você para e reza para tomar a decisão. Temos um ditado de Santo Inácio, que falava assim: ‘Em momentos de escuridão não se toma decisão’, então é preciso parar, sentar, esperar e depois tomar a decisão certa”, frisou.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua  

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Continua depois da publicidade

PUBLICIDADE

No momento da ordenação diaconal, Rodrigo afirma que um verdadeiro filme passou pela sua cabeça. “Voltar atrás e ver todo o processo, tudo aquilo que vivemos, a caminhada, nos fortalece, porque é muito bom olhar para a nossa história, reconhecer como Deus é bom, reconhecer como as pessoas colocadas na nossa vida são boas e perceber que vale a pena esta vida que eu estou assumindo”, comentou.

Pessoas de Irati e de toda a Diocese participaram da celebração, que teve momentos intensos de oração e bênçãos. “Foi um momento de alegria e agradecimento a Deus por estar vivendo este momento”, frisou.

Conforme Ribas, toda a Paróquia está mobilizada para preparar esta ordenação. Os Grupos de Jovens da Paróquia São Miguel estão envolvidos em diversos eventos, com a realização de várias celebrações nas comunidades. No dia 25 de agosto, como parte da programação, será feito um show com a banda Anjos de Resgate. “Vamos celebrar bem este ano vocacional e para abrir a semana da ordenação”, finalizou.


Comentários

Enquete

Reforma da Previdência

  • Nenhuma das respostas
  • Não deve mexer nos que ganham menos
  • Não é necessária
  • Deve ser ampla
Resultados