Irati e Região / Notícias

19/01/19 - 13h32 - atualizada em 19/01/19 às 13h40

Derbli promove mudanças no secretariado

Alguns secretários foram remanejados e passaram a atuar em outras pastas

Rodrigo Zub

Wilson Pedroso (Buzina), Ico Andreassa e Sidão assumiram comando de novas pastas na Prefeitura de Irati

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, promoveu as primeiras mudanças no secretariado. Alguns deles foram remanejados e passam a atuar em outras pastas. Os decretos de nomeações foram publicados na edição de sexta-feira, 18, do Diário Oficial do Município.

Ico Andreassa foi exonerado da pasta de Desenvolvimento Econômico e passa a comandar a secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico e Legado Étnico. Ico vai substituir Sidnei Jonaldo Jorge (Sidão), que deixou o cargo para chefiar a secretaria de Comunicação Social. Quem comandava essa pasta era Wilson Roberto Pedroso, o “Buzina”, que agora está chefiando a secretaria de Obras e Serviços Urbanos no lugar de Pedro Eloirton dos Santos, que foi exonerado do cargo.

Nos próximos dias ainda deve ser oficializada a nomeação de Emiliano Rocha Gomes como novo secretário de Desenvolvimento Econômico. O ex-vereador e candidato a prefeito nas eleições de 2016 deve ser a principal novidade na administração municipal.

PUBLICIDADE

Já o engenheiro civil Dagoberto Waydzik anunciou que vai deixar a Secretaria de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo a partir de fevereiro. Ele permanece no comando da pasta até o dia 31 de janeiro. Depois disso, ele passará a prestar assessoria para a Deputada Federal Leandre Dal Ponte (PV) na região. Dagoberto não informou quem será seu substituto na Secretaria de Arquitetura, Engenharia e Urbanismo a partir de fevereiro.

Na semana passada, Derbli já havia nomeado Jair Bispo Cantuario para comandar a pasta de Viação e Serviços Rurais. Ele substituiu o vereador Marcelinho Rodrigues, que retornou a Câmara ainda no fim de 2018 para participar da eleição da nova Mesa Diretora da Casa.

PUBLICIDADE

Ao comentar sobre a indicação do novo secretário, o prefeito fez uma brincadeira com o sobrenome de Jair. “Se o Bispo não resolver a situação das estradas rurais, aí eu não sei mais, aí é só o Papa”, comentou o prefeito durante entrevista no programa Meio Dia em Notícias de segunda-feira, 14. “Ele trabalhou há tempos comigo, o Jair, mais conhecido por Bispo. Ele tem conhecimento de estrada, equipamento e está fazendo um bom trabalho e, do jeito que programei a Patrulha, não dispersar os poucos equipamentos que temos e, sim, juntar todos numa frente de trabalho grande, com uma Patrulha para atender a área rural, e outra pequena, para atender casos emergenciais ou pontuais e outra equipe de pontes e bueiros”.

Na ocasião, Derbli havia adiantado que as mudanças no secretariado não significavam a indicação de novos nomes. “Alguns outros vão passar para outros cargos. Temos que estar sempre reformulando e reciclando, porque às vezes se aproveita muito mais um secretário ou secretária em outro órgão, e aí ele já tem experiência”, afirma.

Questionado sobre a possibilidade de reduzir secretarias, o prefeito disse que está avaliando a possibilidade de incorporar algumas. “Mas a redução de Secretarias é a metade de um salário de secretário que se economiza, porque o pessoal concursado das Secretarias continua. Então, quando se fala em reduzir Secretarias, se faz um auê, a imprensa divulga bastante, mas não é toda essa economia que se tem”, comenta.

PUBLICIDADE

Derbli ilustrou a situação com um exemplo. “Se eu retirar a Secretaria de Cultura e incorporá-la à Educação, teria de nomear ao menos um diretor de departamento e pagar a metade do salário que o secretário ganha. Então, não é uma grande economia para o município. Muitas vezes, tem muitas coisas que o secretário desenvolve muito mais”, analisa.

Contratação de funcionários comissionados

Também na edição de sexta-feira, 18, do Diário Oficial da Prefeitura, foram publicados os decretos de nomeação de alguns funcionários comissionados. Marici Gaevitz dos Santos foi nomeada Assessora Técnica I, símbolo S-7, Maria Eduarda Hanrejszkow Diretora de Departamento III, símbolo S-4, Marilisa Alves Pires Assessora Técnica I, símbolo S-7, Soeli de Lourdes Neves Diretora de Departamento V, símbolo S-7, Leandro José Bonfim Diretor de Departamento V, símbolo S-7, Jucema Jonson Martins Diretora de Departamento VII, símbolo S-9, Anilse Ewaniski Santerre Guimarães Diretora de Departamento VIII, símbolo S-10, e Evelyn Rodrigues Cordeiro Diretora de Departamento VIII, símbolo S-10.

Em dezembro, Derbli havia exonerado 97 funcionários comissionados em atendimento a uma recomendação do Ministério Público (MP) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) para que o município reduzisse a folha de pagamento. Na entrevista concedida na Rádio Najuá, o prefeito já havia confirmado que pretendia recontratar alguns servidores, principalmente os que atuavam na saúde.

PUBLICIDADE

“Tive que escolher entre os profissionais da saúde e os comissionados. Para não cometer injustiças, demitimos os comissionados. Mas ficou uma defasagem em alguns setores. Já determinei para a secretária Daniele [Cavalli, de Administração e Patrimônio] a recontratação de dez funcionários da área de saúde, principalmente enfermeiros, porque alguns postos já não teriam pessoas do quadro para poder atender e continuar aberto”, justifica.

Segundo Derbli, devem ser recontratados em torno de 20 a 30% dos comissionados. Além da Saúde, eles devem suprir lacunas em setores como o Pátio de Máquinas – em funções de comando, na Secretaria de Obras, na Administração e na Educação. Com a redução na folha de pagamento, o prefeito aguarda autorização do TCE para abrir um concurso público ainda neste ano para preencher vagas deixadas na Saúde e Educação em função da aposentadoria de servidores.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá


Comentários