Irati e Região / Notícias

16/01/19 - 18h06 - atualizada em 16/01/19 às 18h18

Derbli estuda reestruturar secretariado municipal

Para a segunda metade de seu mandato, prefeito de Irati deve alterar o comando de algumas pastas

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava, Rodrigo Zub e Jussara Harmuch 

Prefeito Jorge Derbli disse que vai promover minirreforma no secretariado, mas preferiu não adiantar quais serão as mudanças

Para a segunda metade de seu mandato, o prefeito de Irati, Jorge Derbli, estuda alterar a estrutura do secretariado municipal, com a indicação de novos nomes para comandar algumas pastas. Uma das Secretarias que já sofreu alterações é a de Viação e Serviços Rurais, que passou a ser de responsabilidade de Jair Bispo Cantuario.

O novo secretário atuou como fiscal das obras de pavimentação na Rua Alexandre Pavelski. “Vamos fazer uma minirreforma entre os secretários. Estamos estudando alguns nomes e alguns secretários vão mudar de cadeira, o que deve ocorrer até o final de semana e avisarei a vocês em primeira mão”, diz.

“Se o Bispo não resolver a situação das estradas rurais, aí eu não sei mais, aí é só o Papa”, descontrai o prefeito. “Ele trabalhou há tempos comigo, o Jair, mais conhecido por Bispo. Ele tem conhecimento de estrada, equipamento e está fazendo um bom trabalho e, do jeito que programei a Patrulha, não dispersar os poucos equipamentos que temos e, sim, juntar todos numa frente de trabalho grande, com uma Patrulha para atender a área rural, e outra pequena, para atender casos emergenciais ou pontuais e outra equipe de pontes e bueiros”, comenta.

PUBLICIDADE

Bispo entra no lugar do vereador Marcelinho Rodrigues, que retomou sua cadeira na Câmara. “Tenho a certeza de que o Bispo vai fazer um bom trabalho no lugar do ex-secretário, que voltou para a Câmara. Quero fazer um agradecimento ao Marcelinho Rodrigues que, no tempo que esteve [na Secretaria], fez um bom trabalho junto ao Pátio de Máquinas”, diz.

Essa minirreforma proposta por Derbli não necessariamente inclui a indicação de novos nomes, porém uma troca de lugares, em alguns casos. “Alguns outros vão passar para outros cargos. Temos que estar sempre reformulando e reciclando, porque às vezes se aproveita muito mais um secretário ou secretária em outro órgão, e aí ele já tem experiência”, afirma.

PUBLICIDADE

Quanto a uma eventual redução no número de Secretarias, o prefeito avalia a possibilidade de incorporar algumas. “Mas a redução de Secretarias é a metade de um salário de secretário que se economiza, porque o pessoal concursado das Secretarias continua. Então, quando se fala em reduzir Secretarias, se faz um auê, a imprensa divulga bastante, mas não é toda essa economia que se tem”, comenta.

Derbli ilustra com um exemplo. “Se eu retirar a Secretaria de Cultura e incorporá-la à Educação, teria de nomear ao menos um diretor de departamento e pagar a metade do salário que o secretário ganha. Então, não é uma grande economia para o município. Muitas vezes, tem muitas coisas que o secretário desenvolve muito mais”, analisa.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Comentários