Geral / Esportes

27/09/13 - 21h34 - atualizada em 27/09/13 às 21h37

Shooto 43 é cancelado após morte do lutador de MMA Leandro Feijão

Dedé Pederneiras, um dos organizadores do evento que aconteceria no Rio de Janeiro nesta sexta-feira, fez o anúncio pelas redes sociais
Por SporTV.com - Rio de Janeiro

Leandro Feijão morreu nesta quinta-feira, dia da pesagem

Um dos organizadores do Shooto 43 no Brasil, Dedé Pederneiras anunciou na madrugada desta sexta-feira o cancelamento do evento, que aconteceria na noite desta sexta, no Rio de Janeiro. A decisão foi tomada após a morte do lutador de MMA Leandro Feijão, nesta quinta-feira, antes da pesagem oficial do Shooto - ele passou mal pela manhã e foi levado ao hospital, mas acabou falecendo. Empresário e treinador de MMA, Pederneiras usou as redes sociais para comunicar a não realização do Shooto.

"O Shooto Brasil venho por meio desta registrar o cancelamento do evento que aconteceria hoje (sexta-feira) no Clube Hebraica, em sinal de LUTO", escreveu Pederneiras.

A notícia da morte do lutador foi dada através do Facebook do seu treinador, o também lutador André Chatuba.

- Boa noite, pessoal. Venho comunicar o falecimento do nosso atleta Leandro Feijão, que iria fazer uma luta amanhã no Shooto. Feijão passou mal antes da pesagem do evento, desmaiou e foi levado para o hospital, ainda não sei o que levou Leandro à morte - escreveu. Feijão lutaria contra Gabriel Brasil.

Logo após a notícia, Dedé Pederneiras confirmou a morte de Leandro Feijão, também através do Facebook, no qual afirmou que as causas da morte ainda era desconhecidas.

- É com grande pesar que viemos por meio desta noticiar o falecimento do atleta Leandro Caetano de Souza. O atleta veio a óbito na UPA de Botafogo, os motivos ainda não são de nosso conhecimento. Gostaríamos de expressar os pêsames a todos os amigos e familiares.

No evento, Leandro Feijão enfrentaria Gabriel Brasil.



Comentários