Geral / Esportes

20/10/13 - 22h37 - atualizada em 21/10/13 às 21h41

Rebouças vira sobre Faxinal e garante vaga na final da Série Bronze

Reboucenses chegaram a estar perdendo por 5 a 3, mas conseguiram a virada. Adversário na final será a equipe do Caramuru/Castro
Rodrigo Zub

No jogo de ida, um gol a seis segundos do fim da partida salvou os reboucenses da derrota. No confronto de volta tudo caminhava para uma vitória da equipe de Faxinal, mas a superação e a persistência colocaram Rebouças na final da Série Bronze de Futsal. Com três gols nos últimos minutos, os reboucenses venceram a partida por 6 a 5. Na final, o time comandado por Aguinaldo dos Santos encara o Caramuru/Castro.

Rebouças só conseguiu ficar a frente do marcador a 2 minutos e 30 segundos do fim da partida. No restante do jogo, Faxinal comandou o placar e chegou a abrir dois gols de vantagem em três oportunidades (3 a 1, 4 a 2 e 5 a 3). Porém, o apoio da fanática torcida reboucense que lotou as arquibancadas do ginásio Camilão empurrou a equipe para o triunfo de virada.

Fotos: Tadeu Stefaniak

{album}

O jogo

Precisando de uma vitória simples para garantir a inedita vaga para a final da Série Bronze, a equipe de Rebouças foi surpreendida pelos visitantes logo aos 3 minutos de partida. Marcos Vinicius balançou as redes de Gilson e colocou Faxinal em vantagem. O empate reboucense só aconteceu sete minutos depois com Edimar. Com mais posse de bola, Rebouças pressionou e teve boas chances de virar o placar, mas quem voltou a comemorar foram os visitantes. Fernandinho marcou dois gols em um intervalo de dois minutos e calou o ginásio Camilão.

Em vantagem, Faxinal montou um ferrolho defensivo que só foi furado em um lance de bola parada. Em falta ensaiada, Maycon descontou para Rebouças.
No fim do primeiro três lances agitaram a partida. Aos 16 minutos, Rebouças pediu pênalti após um toque na mão de um defensor do Faxinal. Logo depois, o goleiro adversário cometeu uma falta, mas não foi punido com o cartão amarelo. Em seguida, o atleta novamente impediu um ataque de Rebouças com uma infração para desespero da comissão técnica e torcida reboucense.

Virada dramática

No segundo tempo, Fernandinho aproveitou desatenção do sistema defensivo de Rebouças e fez o quarto de Faxinal. A equipe da casa voltou a dar esperança para o torcedor com o gol de Binho. Porém, Marcos Vinicius marcou o quinto do Faxinal e silenciou o ginásio Camilão novamente.

Faltando 11 minutos para o fim da partida, o treinador de Rebouças optou em colocar o goleiro-linha. A tática começou a dar resultado com o gol de Daniel. Depois disso, o jogo esquentou de vez e a torcida empurrou o time rumo à virada. “Sou reboucense com muito orgulho e muito amor”, gritava o torcedor.

A força da arquibancada foi o combustível para o gol de empate marcado por Daniel. O resultado levava a decisão da vaga para a prorrogação, pois no jogo de ida Rebouças e Faxinal haviam empatado por 5 a 5. Por isso, Aguinaldo tirou o goleiro-linha e voltou a jogar com um atleta a menos no campo de ataque. Mesmo assim, Edimar fez o gol da virada e levou o torcedor a loucura. No fim da partida, Faxinal ainda tentou igualar o placar, mas nem mesmo a entrada do goleiro-linha mudou a história da partida.

Ficha Técnica:
Rebouças 6x5 Faxinal


Rebouças: Gilsinho, Daniel, Maycon, Binho, Edimar, Pinga, Pica Pau, Dan e Coxinha. Técnico: Aguinaldo dos Santos.

Faxinal: Véio, Fernando, Juninho, Marcos Vinicius, João Costa e Alisson. Técnico: Marcilio Cesar Vicente (Boi).

Arbitragem: Udilei Leandro Silvino de Cascavel e Rodrigo de Jesus Camargo de Ponta Grossa
Anotadora: Karin Hortman de Guarapuava
Cronometrista: Hélcio José de União da Vitória
Delegado: Marco Antonio de Lima de União da Vitória


Final contra Castro

No outro confronto da semifinal, Castro venceu Assaí por 7 a 3 e garantiu a vaga na final contra Rebouças. No jogo de ida, Castro já havia vencido por 7 a 2.
A primeira partida da final da Série Bronze acontece no sábado, 26, no ginásio Douglas Pereira, em Castro. No dia 2 de novembro será realizado o jogo de volta no ginásio Camilão, em Rebouças. Se houver necessidade de mais um jogo, este acontecerá no dia 9 de novembro também em Rebouças.

A final da Série Bronze deve ser equilibrada, conforme mostram os números. Até agora, os times somaram 38 pontos. Castro levava vantagem no saldo de gols, mas perde nos critérios de desempate. No confronto direto, Rebouças venceu uma partida por 5 a 4 e empatou outro confronto por 5 a 5. Os dois jogos aconteceram na primeira fase da competição.


Rebouças venceu de virada Faxinal e encara na decisão a equipe do Caramuru/Castro

Comentários