Geral / Esportes

30/09/13 - 00h09 - atualizada em 30/09/13 às 22h58

Rebouças vence Carambeí e garante acesso à Série Prata

Vitória por 4 a 2 em Carambeí ainda garantiu equipe nas semifinais da competição
Rodrigo Zub


A estreia, a primeira vitória, o primeiro resultado negativo e o triunfo que levou a equipe para a Chave Prata em 2014. Quis o destino que a equipe de Carambeí enfrentasse Rebouças nos momentos mais importantes de sua caminhada na Série Bronze. No sábado, 28, as duas equipes mediram forças novamente. Mesmo atuando longe da torcida, os reboucenses venceram por 4 a 2 e trouxeram na bagagem o passaporte garantido para as semifinais da competição.

Confrontos contra Carambeí

Curiosamente, Rebouças encarou Carambeí em sua estreia na competição (quando conseguiu a primeira vitória) e depois teve o primeiro revés contra o mesmo adversário. As equipes ainda empataram um confronto por 5 a 5, além da partida de sábado, 28, que definiu a classificação de Rebouças para a Série Prata em 2014.

Com o resultado, Rebouças continua na vice-liderança do Grupo D com 16 pontos. A equipe de Assaí tem a mesma pontuação, mas leva vantagem nos critérios de desempate. Na última rodada da segunda fase, Rebouças recebe Assaí no ginásio Camilão. Em caso de vitória, os reboucenses irão terminar na liderança da chave e terão a vantagem de decidir a vaga na final diante dos torcedores.

Na outra partida do Grupo D realizada no sábado, 28, Assaí selou a classificação para a Série Prata com a goleada por 13 a 1 sobre Pinhais. Já no Grupo C, Caramuru/Castro e Cambé empataram por 5 a 5 e o Faxinal venceu Apucarana por 4 a 2. No Grupo C, Faxinal e Cambé disputam a última vaga, enquanto que Castro já está garantido entre os quatro melhores.

Jogadores de Rebouças comemoram a classificação para a Série Prata


O jogo

Precisando da vitória para manter as chances de classificação, Carambeí foi surpreendido por Rebouças logo aos dois minutos de partida. Edimar marcou e colocou os visitantes em vantagem.  O gol obrigou os donos da casa a buscarem o ataque. Com isso, Rebouças teve mais espaço para trabalhar a posse de bola e assim conseguiu o segundo gol marcado por Binho, artilheiro da Série Bronze.

Ainda no primeiro tempo, Carambeí descontou em cobrança de pênalti e Maycon fez o terceiro para os reboucenses. Antes do intervalo, Edimar ainda foi derrubado próximo ao alambrado e sofreu um corte na cabeça. Apesar do susto, o atleta recebeu atendimento médico e voltou à quadra no segundo tempo.

Na etapa final, Carambeí foi para o chamado "tudo ou nada" e conseguiu diminuir com menos de um minuto de bola rolando. Em seguida, Rebouças ficou com um jogador apenas a menos após a expulsão de Coxinha. O atleta foi punido com o segundo cartão amarelo após parar um contra-ataque com falta. A desvantagem numérica durou por dois minutos, conforme determina o regulamento da competição. Com muita determinação e garra, os reboucenses superaram a adversidade e não sofreram o gol neste período.

Contando novamente com quatro atletas na linha, Rebouças ampliou a vantagem com Dan, que recebeu assistência de Maycon. No fim do jogo, Carambeí ainda apostou todas as fichas no goleiro-linha, mas não conseguiu superar a retranca reboucense e também o goleiro Gilson.

Após a partida o treinador Aguinaldo dos Santos comemorou a classificação e enalteceu os treinamentos realizados durante a semana. “No treinamento da semana simulamos essa situação, o que acabou servindo para o jogo, pois não levamos o gol nos dois minutos de punição com um atleta a menos na quadra. Carambeí forçou e atacou muito, mas a defesa e nosso goleiro estavam num dia inspirado”, afirmou.



Comentários