Geral / Esportes

12/08/13 - 09h29 - atualizada em 12/08/13 às 09h31

Paranaense é campeão italiano de futsal e pensa na seleção japonesa

Goleiro Guilherme Kuromoto conquistou o título pelo Marca Futsal, da Itália, e agora vai jogar no Japão sonhando em ser convocado
Globo Esporte - Rafael Les - Curitiba

Guilherme Kuromoto quer ser goleiro da seleção

O londrinense Guilherme Kuromoto comemorou no último mês de junho o título de campeão italiano de Futsal pela equipe do Marca, da cidade de Castelfranco Veneto, no norte da Itália. A final foi disputada contra a Luparense no sistema melhor de cinco jogos e a equipe de Kuromoto venceu as três primeiras partidas e ficou com a taça.

O goleiro está desde 2004 na Itália, onde já passou pelas equipes Spoleto, Marca Trevigiana, Montesilvano, Arzignano, Cagliari e Rieti até chegar no Marca. Sua origem foi em Londrina no time da AABB, que serviu de catapulta para a Itália.

Após a conquista, ele está de férias no Brasil, mas já tem destino certo para a próxima temporada. Ele irá defender o Shonan Bellmare, do Japão, onde faz planos de se tornar o goleiro da seleção do país.

Kurumoto conta que já teve passagens pela seleção Italiana, mas viu dificuldades em seguir sendo convocado. O sonho agora é obter a cidadania japonesa, e no Japão ser chamado para jogar pelo equipe nacional, onde avalia ser mais fácil.

- Saio da Itália bem feliz e satisfeito por ter chegado ao título que todo mundo quer. Agora vou ao Japão, espero me naturalizar e jogar pela seleção japonesa. Jogar na Itália é mais difícil e, no Brasil, teria que estar jogando no país.

Apesar da carreira como atleta ter sido construída praticamente fora do Brasil, Guilherme Kuromoto ainda sonha em jogar no país de origem, onde atuou o seu ídolo no futsal, o goleiro Serginho, campeão mundial em 1992 e 1996.

- Sempre tive vontade de jogar no Brasil. Praticamente toda a minha carreira foi fora. Gostava muito de ver os jogos do Serginho. Para mim ele foi o melhor goleiro que existe e sempre acompanhei os jogos dele.


Comentários