Geral / Esportes

08/11/12 - 15h46 - atualizada em 08/11/12 às 15h48

Fifa confirma Copa das Confederações com seis sedes

Principal preocupação por causa do atraso nas obras do estádio, Recife foi oficializado ao lado de Rio, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Salvador
Gazeta do Povo com informações da Agência Estado 


A Fifa confirmou nesta quinta-feira (8) que a Copa das Confederações de 2013 será realizada em seis sedes. Havia risco de o Recife ser excluído do evento, por causa do atraso nas obras da Arena Pernambuco, mas a entidade manteve a cidade ao lado de Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Salvador.

Em evento realizado nesta quinta-feira no Museu do Futebol, em São Paulo, a Fifa e o Comitê Organizador Local (COL) acabaram com a indefinição que durava desde o final do ano passado sobre as sedes do torneio. Assim, foi confirmado o calendário de jogos inicialmente elaborado para a competição, entre os dias 15 e 30 de junho de 2013.
A Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, região metropolitana do Recife, foi confirmada na Copa das Confederações

O evento desta quinta-feira teve a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, além de José Maria Marin, presidente do COL e da CBF, e do ex-atacante Ronaldo, membro do COL. Pelo lado da Fifa, o secretário-geral Jérôme Valcke não veio ao Brasil desta vez. A entidade foi representada pelo diretor de marketing, Thierry Weil, e pelo diretor de comunicações, Walter De Gregorio.

"A decisão foi tomada com base em dois fatores: relatórios técnicos dos estádios e comprometimento político", explicou De Gregorio, ressaltando a importância do empenho governamental para cumprir os prazos - o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, chegou, inclusive, a marcar presença no evento. Mas o dirigente da Fifa também fez um alerta. "Agora é um ponto sem volta. Não há mais como mudar. É um grande desafio. E estamos confiantes".

Quando elaborou o calendário da Copa das Confederações, no final do ano passado, a Fifa fez uma ressalva e admitiu que a competição poderia ter o número de sedes reduzido por causa dos atrasos nos estádios. Na época, as preocupações eram Recife e Salvador. A definição, então, ficou para junho deste ano. Em maio, porém, a entidade resolveu dar mais prazo às cidades e adiou o anúncio para novembro.

Diante do avanço nas obras, Salvador deixou de ser uma preocupação ainda no primeiro semestre. No Recife, o governo pernambucano acelerou os trabalhos no estádio que terá capacidade para 46 mil pessoas, que atingiu índice de conclusão de 70%, com prazo de entrega para março de 2013, o que fez com que fosse confirmada no torneio.

A Arena Pernambuco receberá três jogos da Copa das Confederações, assim como Rio, Fortaleza, Belo Horizonte e Salvador - a exceção é Brasília, que terá apenas a abertura do torneio.

Além dessas seis cidades, a Copa do Mundo de 2014 também terá São Paulo, Cuiabá, Curitiba, Porto Alegre, Manaus e Natal como palco das partidas.

Encarada como um teste na preparação para o Mundial, a Copa das Confederações já tem sete dos oito participantes conhecidos: Brasil (país-sede), Espanha (campeã mundial e europeia), Itália (vice-campeã europeia), Uruguai (campeão sul-americano), México (campeão da Concacaf), Japão (campeão asiático) e Taiti (campeão da Oceania). A última vaga será de um país da África, a ser definida na Copa Africana de Nações em fevereiro.


Comentários