Futebol / Esportes

07/08/13 - 19h11 - atualizada em 08/08/13 às 00h55

Prudentópolis empata no fim, mas não consegue vaga antecipada para 1º divisão

Time reverteu desvantagem de dois gols e saiu de campo com um empate por 2 a 2 contra o Colorado. Prudentópolis precisa de uma vitória contra o Cincão para confirmar acesso a elite do Campeonato Paranaense

Rodrigo Zub

A festa foi preparada e o palco estava pronto para que o Prudentópolis pudesse comemorar a vaga para a 1º divisão do Campeonato Paranaense. Porém, a conquista foi adiada. O empate por 2 a 2 contra o Colorado deixou a decisão da vaga para a rodada final do Hexagonal Final da “segundona”.

Prudentópolis e Colorado empataram por 2 a 2 na tarde de hoje, 7, no estádio Newton Agibert
Apesar do resultado da partida, o torcedor do Tigre teve motivos para sair do estádio Newton Agibert com um sorriso no rosto na tarde desta quarta-feira, 7.  Depois de um primeiro tempo ruim, o Prudentópolis reverteu à desvantagem de dois gols e conseguiu um empate heróico no fim da partida. A sorte esteve ao lado do time que foi beneficiado pelo empate entre Junior Team e Cincão, que tirou as chances das duas equipes de conquistar uma vaga na 1ª divisão. Desta forma, os prudentopolitanos só dependem de um triunfo contra o Cincão, que apenas cumpre tabela, para ficar com a vaga na elite do futebol paranaense.

A única equipe que pode colocar água no chope do Prudentópolis é o próprio Colorado, que soma 13 pontos, um a menos que o time comandado por Joel Preisner, atual vice-líder do Hexagonal. Na última rodada, o Colorado recebe o PSTC. Para conseguir a classificação, o time precisa vencer o rival e ainda torcer por um tropeço do Prudentópolis. 

Fotos: Elio Kohut

{album}

Jogo

Não podendo contar com a dupla de zaga titular formada por Mário e Jhonatan, o Prudentópolis encontrou dificuldades para segurar o ataque do Colorado. A bola parada também incomodou os donos da casa. Aos 7 minutos, Junior Nascimento cobrou escanteio e Rafael Akai cabeceou próximo ao gol prudentopolitano. A resposta do Tigre também veio através da bola parada. Em cobrança de falta, Irineu cobrou rente a trave de Rafael, que apenas observou a bola sair pela linha de fundo.

Fechado no campo de defesa, o Colorado aproveitou um momento de desatenção do Prudentópolis para abrir o marcador. Após bola espirada na intermediária, Junior Nascimento recebeu lançamento e tocou na saída de Doni, colocando os visitantes em vantagem aos 14 minutos. O Tigre ainda tentou o empate em seguida, mas Tiaguinho acertou a trave de Rafael.

Insatisfeito com a atuação de seu time, o treinador Joel Preisner realizou uma alteração ainda no primeiro tempo. Evandro deixou o campo para a entrada de Kanela. A mudança não surtiu efeito. Aos 27 minutos, o Colorado ampliou com Rafael Akai. Depois de contra-ataque, Doni salvou o Tigre após finalização de Dawide. No rebote, ele mesmo cruzou e Akai concluiu sem chances para o goleiro adversário.

Desatento e sofrendo com a falta de entrosamento do setor defensivo, o Prudentópolis seguiu dando chances para o Colorado. Akai teve outra oportunidade de ampliar o resultado, mas parou em boa defesa de Doni.  Dawide também levou perigo ao goleiro depois de finalização de fora da área.

No fim da etapa inicial, Rincón chutou para boa defesa de Rafael e perdeu a última oportunidade de descontar a vantagem do Colorado.

Tigre reage no fim e arranca empate

O segundo tempo começou como um replay do primeiro. Nervoso, o Prudentópolis não conseguiu trocar passes no setor ofensivo e ainda cedeu espaços para os visitantes. Aos 10 minutos, Rafael Akai, recebeu em velocidade e tentou driblar Doni, que foi ágil e tirou a bola dos pés do atacante. Dois minutos depois, Akai novamente atormentou os defensores do Prudentópolis. Ele passou pela marcação e cruzou uma bola perigosa, que passou por toda a grande área dos donos da casa.

Preisner voltou a mexer na equipe em busca de uma reação. Rincón e Irineu deixaram o campo para as entradas de Victor Bahia e Fumaça. As alterações não alteraram o andamento do jogo, pois o Prudentópolis apresentava dificuldades para abrir espaço na defesa do Colorado. Thiaguinho tentou descontar em chute de fora da área, mas foi bloqueado pela marcação.

O Colorado já administrava a vitória quando foi surpreendido pelo Prudentópolis. Na reta final da partida, o Tigre mostrou as garras e chegou ao empate. Aos 36 minutos, Kanela aproveitou confusão na área para fazer o primeiro gol prudentopolitano. A comissão técnica e os jogadores do Colorado reclamaram de falta no goleiro Rafael, mas a infração não foi assinalada. O gol incendiou o torcedor que incentivou o time em busca do empate. Sob gritos de “eu acredito”, o Prudentópolis chegou à igualdade. Thiaguinho arriscou de fora da área e marcou um belo gol para empatar o duelo.

Nos instantes finais, Prudentópolis e Colorado ainda tentaram chegar à vitória, mas não conseguiram balançar as redes.  Com isso, a definição do segundo classificado para a divisão de elite do Campeonato Paranaense 2014 foi adiada para o domingo, 11.

Ficha Técnica:

Prudentópolis 2 x 2 Colorado


Estádio: Newton Agibert, em Prudentópolis
Árbitro: Rafael Traci
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer, Leonardo Stephan Neitzke
Cartão amarelo: Kanela (Prudentópolis)
Gols: Willian Nascimento aos 14 e Rafael Akai aos 28 minutos do 1º tempo (Colorado); Kanela aos 36 e Thiaguinho aos 39 minutos do 2º tempo (Prudentópolis)

Prudentópolis: Doni; Alex, Leandro, Luizinho; Evandro (Kanela), Tiaguinho, Danilo Alvim e Doriva; Irineu (Anderson Fumaça), Wellinghton e Rincón. Técnico: Joel Preisner.

Colorado: Rafael; Ginei, Renato, Da silva, Pascoal; Alan, Ítalo, Willian Gaúcho (Baco), Júnior Nascimento, Dawide; Rafael Akai (Claudir). Técnico: João Marçal.

Comentários