Futebol / Esportes

01/07/12 - 20h51 - atualizada em 02/07/12 às 15h40

Jogador do Cianorte morre após acidente

Marcos Tora, de 28 anos, perdeu o controle de seu veículo Ford Ka e colidiu em várias árvores quando seguia na estrada que liga Cianorte ao distrito de Vidigal
Rodrigo Zub

Marcos Tora foi um dos destaques do Arapongas no Paranaense deste ano
Um grave acidente de trânsito na noite de sábado, 30, vitimou o jogador Marcos Tora, de 28 anos, do Cianorte. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o atleta seguia na estrada que liga Cianorte ao distrito de Vidigal com seu veículo Ford Ka quando perdeu o controle numa curva, saiu da pista e colidiu em várias árvores. Marcos estava sozinho no veículo e sofreu ferimentos graves, inclusive traumatismo craniano. Socorrido pelo Corpo de Bombeiros, ele foi levado ao hospital São Paulo, em Cianorte, onde não resistiu e morreu posteriormente.

O atleta que atuava como volante foi um destaques do Arapongas no Campeonato Paranaense deste ano. As boas atuações despertaram o interesse do Cianorte que contratou o jogador há dois meses. Como não tinha compromisso pela Série D do Campeonato Brasileiro, Marcos foi liberado pela diretoria do Leão do Vale para passar o fim de semana com a família.

Carreira

Marcos Juliano Vidal da Silva (Marcos Tora) era natural de Carazinho/RS. Profissionalmente ele atuou boa parte da carreira em clubes do Rio Grande do Sul como: Grêmio, Brasil de Pelotas, Rio Grande, Santa Cruz, Esportivo, Novo Hamburgo e Universidade. Fora do país, Marcos defendeu o Danúbio, onde conquistou o título de campeão uruguaio em 2007.

O atleta deixa a esposa e dois filhos, sendo um de nove e outro de quatro anos.

Comentários