Futebol / Esportes

30/09/14 - 11h40 - atualizada em 30/09/14 às 17h07

Iraty irá disputar Campeonato Paranaense Sub-20

Clube irá retomar atividades do futebol a partir de outubro. Possibilidade de disputar a terceira divisão em 2015 está sendo estudada
Rodrigo Zub

Encerramento das atividades do Iraty

A última partida disputada pelo Iraty no futebol profissional aconteceu no dia 28 de abril de 2012. Na oportunidade, o Azulão se despediu do Campeonato Paranaense com um derrota por 4 a 1 para o Toledo. O resultado negativo encerrou a pífia campanha do clube no estadual. Com apenas uma vitória e nove pontos, o Iraty foi o lanterna da competição e acabou rebaixado para a segunda divisão.

Em 22 jogos, o Azulão teve um aproveitamento de apenas 13%. O único triunfo ocorreu diante do também rebaixado Roma, na 7ª rodada do 2º turno. O time ainda teve seis empates e perdeu 15 partidas, sendo que oito delas foram por mais de três gols de diferença.

Depois disso, a SM/Sports se desligou do futebol profissional do Iraty alegando problemas financeiros e falta de apoio da prefeitura e do empresariado local.

Algumas tentativas frustradas de retomar as atividades do futebol chegaram a ser anunciadas, principalmente visando o centenário do clube, comemorado em abril deste ano. Porém, tudo não passou de especulações. Como não disputou competições de base no período que está sem atividades, o Iraty foi automaticamente rebaixado para a terceira divisão, já que a Federação Paranaense de Futebol (FPF), exige a participação de seus clubes filiados em pelo menos uma competição de base.

A última vez que o Iraty disputou uma competição de base foi em 2011. Comandados por Marco Antonio dos Santos, os meninos do Azulão tiveram boa participação na Copa Sub-18. O clube só foi eliminado nas quartas de final pelo Atlético/PR. O time formado por atletas de Irati e região se destacou e teve alguns nomes que despontaram como Dalvan, Emerson, Guilherme e Joãozinho.

Depois de dois anos, o Iraty retomar as atividades do futebol. A partir do dia 18 de outubro, será formado um grupo de atletas para iniciar os treinamentos visando à disputa do Campeonato Paranaense Sub-20, que começa em março de 2015. Também está sendo estudada a possibilidade do clube retomar os trabalhos na terceira ou segunda divisão do estadual.

Em participação no programa Show de Bola de segunda-feira, 29, o presidente do Iraty, Jorge Ruteski, explicou que o primeiro objetivo da diretoria é formar um time para disputar competições de base e buscar empresários que possam auxiliar financeiramente o projeto. Ruteski comenta que gostou da proposta apresentada pelo empresário José Valdecir de Souza, que contou com apoio do locutor Luiz Carlos Ramos, e de Play de Freitas, que será o coordenador técnico do Iraty.

“Vamos colocar na terceira, mas primeiro vamos com os pés no chão começar do início. Queremos começar no Sub-20. Temos consciência de que as pessoas vão nos ajudar tanto empresários de Irati e de fora com patrocínio. No mês de outubro vamos começar um trabalho de base para disputar em março o Paranaense Sub-20. Depois vamos calgar as categorias que vem pela frente”, afirmou o presidente do Iraty.

Play também foi convidado do programa Show de Bola (a entrevista completa você confere no fim desta reportagem). Ele afirmou que depois de receber o convite para participar do projeto, fez uma consulta na Federação Paranaense de Futebol (FPF) sobre a possibilidade de o Iraty disputar o Paranaense Sub-20. Segundo o coordenador técnico, a ideia é utilizar profissionais e atletas somente de Irati e região.

“Vamos aproveitar todos os jogadores que tiverem condições de participar do Campeonato Paranaense Sub-20 aqui da região. Esta é a nossa primeira etapa. Depois de começarmos o trabalho e formos evoluindo discutiremos a possibilidade de disputar o campeonato da terceira divisão, que começa no meio do ano. Esses jogadores do Sub-20 terão a preferência para disputar o campeonato. Teremos um tempo até lá para analisar o grupo e ver o que precisa melhorar, mas a preferência é a prata da casa”, diz Play.

"Peneirada"

Os atletas interessados em ingressar no Iraty já podem efetuar suas inscrições para participar de uma avaliação no clube. Os testes serão realizados em dois períodos (manhã e tarde), no dia 18 de outubro. As inscrições podem ser realizadas até o dia 16 de outubro. Podem participar jovens com idade entre 16 e 19 anos. 

Atletas que não residem em Irati podem participar dos testes para disputar o Campeonato Paranaense Sub-20 pelo clube. Porém, empresários ou tutores terão que arcar com as despesas de deslocamento e alimentação dos jogadores.

Play revela que pretende manter contatos com professores e responsáveis por escolinhas em Irati e região, para poder agregar os melhores jogadores e formar um grupo que tenha condições de disputar competições em 2015.

O coordenador técnico do Iraty afirma que a intenção da diretoria será estabelecer horários de treinamentos flexíveis, a fim de não atrapalhar os atletas que trabalham, estudam ou desempenham atividades paralelas ao futebol.

Trabalho será com "pratas da casa"

Última competição de base que o Iraty disputou foi a Copa Sub-18, em 2011
Play comenta que a intenção é trabalhar não só com atletas, mas com profissionais de Irati e região. Neste sentido, ele anunciou que Marco Antonio dos Santos será o treinador do Iraty na disputa do Campeonato Paranaense Sub-20. Além do técnico, Play confirmou que irá trazer uma pessoa de fora, que irá chegar ao município de Irati na semana que vem, para conversar e conhecer a estrutura do clube. O profissional que não teve o nome divulgado se prontificou de buscar patrocinadores e apoiadores financeiros para o projeto.

“Queremos contar com a prefeitura, em relação a transporte, e vamos levar o projeto para toda a cidade de Irati. Vamos bater na porta dos empresários, vamos chamar os torcedores e a população para que participe conosco”, enfatizou Play.

Ele descartou a possibilidade de voltar a comandar o Iraty. “Vou coordenar o projeto. Não vou ser treinador. Vou buscar recursos para o clube, fora tenho alguns contatos. Teremos a função de buscar jogadores, analisar o trabalho da comissão técnica, trabalhar efetivamente no campo e fora dele também”, comenta Play.
 
Campeão Paranaense pelo Iraty em 2002, como treinador, Play destaca a força do clube em nível nacional e internacional. “O Iraty é um clube de tradição, conhecido nacionalmente, onde vou trabalhar as pessoas perguntam do clube, porque está parado, é um clube que tem nome e que leva o nome da cidade para onde vai. A população ficará satisfeita de darmos oportunidade para as pessoas da região”, analisa o coordenador técnico do Iraty.

Ruteski e Play ainda pediram paciência do torcedor, que pretende cobrar resultados positivos e boas atuações do Iraty. “A cidade deve entender que é um trabalho que está iniciando. Precisamos da compreensão de todos. Vamos buscar parcerias e nosso objetivo é a região. Jogadores e comissão técnica daqui, que trabalham séria e honestamente. Não vamos buscar profissionais em Curitiba, São Paulo. No momento agora é isso. Iraty é um celeiro jogadores e revelou uma porção de gente”, afirma Ruteski.

Os empresários que auxiliarem o Iraty no processo de retomada do futebol terão participação dentro do clube, finalizou Play.

José Valdecir de Souza, Jorge Ruteski e Play de Freitas
Projeto não tem ligação com Sérgio Malucelli

Ruteski disse que o projeto para retomada do futebol do Iraty não tem ligação com a empresa SM/Sports ou o ex-gestor do clube, o empresário Sérgio Malucelli.

“Não fui procurado por nada. É uma iniciativa do departamento de Esportes, através do Valdecir juntamente com o Play, que acatou a ideia”, relatou o presidente do Iraty.

Danos causados pela enchente

Durante a entrevista, o presidente do Iraty ainda foi questionado sobre os danos que o clube teve na área social, em função da enchente do mês de junho. “Tivemos um prejuízo grande na parte da piscina e área social, mas graças a diretores, associados e funcionários conseguimos reverter tudo para começar a temporada este ano”.

Dívidas


Ruteski também falou sobre as dívidas financeiras e o processo que culminou com o leilão de parte do patrimônio do clube. “Está tudo parado na Justiça do Trabalho. Iraty entrou com um processo para paralisar o leilão e não tivemos nenhuma notícia ainda. Sobre o gestor da SM/Sports, estive com ele no finalzinho do mês de agosto, em Curitiba. Ele [Sérgio Malucelli] se propôs de pagar algumas dívidas altas na parte da Receita Federal, tem uma na justiça em Curitiba, que ele comentou comigo que vai acertar e algumas coisas estamos acertando por aqui”, comentou Ruteski.
 



Comentários