Futebol / Esportes

24/04/19 - 18h56 - atualizada em 25/04/19 às 10h34

Iraty é goleado em casa e segue sem vencer na segundona

Azulão perdeu clássico regional para o Batel, por 6 a 0, mesmo atuando em casa. Time tem apenas chances matemáticas de escapar do rebaixamento para 3ª divisão

Rodrigo Zub, com fotos de Tadeu Stefaniak e Neizinho Pepe


O Iraty sofreu mais uma goleada na segunda divisão do Campeonato Paranaense. Na tarde desta quarta-feira, 24, o Azulão perdeu o clássico regional para o Batel, por 6 a 0, no estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm, em Irati. Os gols da vitória do time guarapuavano foram marcados por Douglas Candango (2), Luccas Barata, Agostinho, Rhuan e Emanuel.

Com a derrota, o rebaixamento do Iraty para a terceirona é apenas questão de tempo. O clube tem apenas chances matemáticas de ficar entre os oito melhores da primeira fase e obter a classificação para a segunda fase. Com apenas nove pontos em disputa, o Azulão teria que vencer os três jogos restantes e torcer por uma improvável combinação de resultados de seus concorrentes diretos que são Paranavaí, Rolândia, Nacional, PSTC e Apucarana Sports. Sem pontuar, o time comandado por Wagner Oliveira segue na lanterna da competição. Já o Batel assumiu a segunda posição com 11 pontos e está com a classificação encaminhada para a segunda fase.

Com os mesmos atletas à disposição da partida anterior contra o PSTC, o Iraty teve duas novidades no time titular. O goleiro Gabryel, que havia atuado como jogador de linha no confronto contra o Nacional, na terceira rodada, já que o clube não possuía 11 inscritos no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ganhou a primeira oportunidade para atuar na sua posição de origem. Desta forma, Alef ficou no banco de reservas. Outro jogador que recebeu uma oportunidade foi o meia-atacante Vagner (Quati), que iniciou a partida. As mudanças não mudaram a postura do time. Apático e com dificuldades para criar oportunidades, o Azulão foi envolvido pelo adversário, que teve maior posse de bola. Aos 17 minutos, Luccas Barata surpreendeu o goleiro Gabryel em um chute de fora da área e abriu o placar para os visitantes.

PUBLICIDADE

A primeira finalização dos donos da casa ocorreu apenas aos 24 minutos com João Victor, que emendou de fora da área sobre o gol de Marcos Gato. O Iraty teve outra chance com Romário, que também chutou pela linha de fundo aos 31 minutos. No finalzinho do primeiro tempo, Luccas Barata teve a chance de fazer o segundo gol para o Batel, mas chutou mascado para a defesa tranquila de Gabryel.

No segundo tempo, o Batel não teve dificuldades para transformar a vitória em goleada. O Iraty chegou primeiro em um arremate de fora da área de Matheus, que levou perigo ao gol dos guarapuavanos. Porém, quem marcou foram os visitantes. Aos 9 minutos, Luccas Barata cobrou escanteio na cabeça de Douglas Candango, que desviou para o gol de Gabryel. A partir daí, o Batel aproveitou os erros defensivos do adversário. Aos 22 minutos, Sávio, ex-jogador do Azulão, cruzou para a área e Agostinho completou para o gol.

Quer receber notícias pelo WhatsApp? Envie SIM notícias http://bit.ly/CliqueAquiWhatsSuperNajua

Por e-mail: http://bit.ly/2BiE4tC 

Texto continua após a publicidade

PUBLICIDADE

O quarto saiu após uma falha do goleiro Gabryel. Ao tentar sair jogando com o lateral Niedson, ele deu a bola de presente para Douglas Candango, que chutou na trave. No rebote, Rhuan marcou para o Batel, aos 34 minutos. Abatido em campo, o Iraty ainda sofreu mais dois gols em contra-ataques. O lateral Emanuel fez o quinto aos 42 e Douglas Candango fechou a goleada de 6 a 0, no último minuto do tempo regulamentar.

O Batel contou com três jogadores que passaram pelo Iraty. O goleiro Marcos Gato teve boa atuação ao fazer pelo menos duas grandes defesas na segunda etapa em finalizações de Douglas e Jeverson. Diogo Roque comandou o meio campo do time visitante e também se destacou. Já o zagueiro Sávio entrou no segundo tempo e teve participação no terceiro gol da equipe de Guarapuava.

Ficha Técnica

Campeonato Paranaense da 2ª divisão

6ª rodada da 1ª fase

Iraty 0x6 Batel

Local: Estádio Municipal Abrahm Nagib Nejm, em Irati

Data: 24/04/2019

Cartões amarelos: João Victor, Niedson e Charles (Iraty); Emanuel e Magnun (Batel)

Expulso: Cristiano Fronza (preparador físico do Iraty, que substituiu Wagner Oliveira no comando do time no banco de reservas, pois o treinador do Azulão estava suspenso)

Gols: Luccas Barata aos 17/1º tempo, Lucas Candango aos 9 e 45/2º tempo, Agostinho aos 22/2º tempo, Rhuan aos 34/2º tempo e Emanuel aos 42/2º tempo (Iraty 0x6 Batel)

Árbitro: Maykon Brito de Freitas (Curitiba)

Assistentes: Luis Henrique Campanhoni Amadori e Ricardo Alexandre Santos (ambos de Curitiba)

Quarto-Árbitro: Matheus Scavinski (Rebouças)

Avaliador: Luis Marcelo Casagrande (Ponta Grossa)

Delegado: Fábio Ferraz (Irati)

Estagiários: Diego Ruan Pacondes da Silva e João Vinicius Ribeiro

Iraty: Gabryel, Tarracha, Wellington, Charles e Niedson (Jeverson); João Victor, Matheus, Michel (Geovani) e Vagner Quati; Breno (Douglas) e Romário. Técnico: Wagner Oliveira. 

Batel: Marcos Gato, Jeffinho (Sávio), Dipão, Naza e Emanuel; Diego, Diogo Roque, Robson (Rhuan) e Luccas Barata (Magnun); Douglas Candango e Agostinho. Técnico: Dudu Sales.

Treinador do Iraty, Wagner Oliveira, assistiu jogo fora do campo, pois estava cumprindo suspensão em função da expulsão na rodada passada contra o Independente São-Joseense

Comentários

Enquete

O Imposto sobre Valor Agregado (IVA) deve ser a base da Reforma Tributária?

  • Não
  • Sim
Resultados