Irati e Região / Notícias

18/09/18 - 12h54 - atualizada em 18/09/18 às 21h34

Suicídio: A respiração reflete na mente - Setembro Amarelo

Emiliano Gomes e o médico Aleixo Guerreiro falam sobre técnicas de respiração, tratamento medicamentoso e atenção psicossocial, na prevenção ao suicídio
Texto Jussara Harmuch, entrevista Paulo Sava

Emiliano Gomes e o médio Aleixo Guerreiro falaram de respiração na prevenção do suicídio no programa Espaço Cidadão desta terça-feira, 18

A depressão, ansiedade e outros estados psíquicos que levam a pensar em suicídio afastam a pessoa do presente, colocando-a num patamar passado ou futuro. Neste sentido, o trabalho respiratório pode ajudar. “Técnicas de respiração fazem com que o oxigênio flua melhor no organismo dando sustentação aos órgãos e trazem as pessoas para o presente”, explica o ex-vereador de Irati Emiliano Gomes, que estudou técnicas de ioga na Índia em 2017. Aos 27 anos, de volta ao Brasil, Emiliano busca passar o conhecimento adquirido, hoje dá aulas de ioga e meditação e possui uma página na internet onde entre outras coisas, fala sobre a filosofia oriental. 

Emiliano e o Dr. Aleixo Guerreiro, parceiro de todas as terças da Saúde do Espaço Cidadão, falaram da respiração ligada ao controle da mente e os benefícios ao corpo. O assunto faz parte das discussões do Setembro Amarelo, mês dedicado á prevenção do suicídio. A conversa foi mediada pelo apresentador Paulo Sava na manhã de hoje, 18, e contou com a rica contribuição de ouvintes. 

PUBLICIDADE

O Pranayama é uma prática antiga do ioga que envolve a respiração no controle do organismo. Diferente do Oriente, no Ocidente não se tem costume de praticar técnicas de respiração que podem ajudar no controle da ansiedade e outros fatores ligados ao suicídio. “Controlando a respiração faz a mente se acalmar e traz você de volta ao presente. Com 10 minutos por dia, apenas prestar atenção na respiração, já causa impacto”, comenta Emiliano.

Dr. Aleixo explica que o nervosismo é uma manifestação da ansiedade que envolve várias outras coisas. “A pessoa nervosa altera seu modo de respirar. A técnica de respiração faz o caminho inverso, trazendo ela de volta ao estado de tranquilidade”.

Na participação do ouvinte, chegou uma sugestão para que o médico aborde a questão do “desmame”, necessário em tratamentos medicamentosos prolongados, o que será feito na próxima semana, prometeu Guerreiro.

Um depoimento emocionante de outra ouvinte sobre como se sente em relação à depressão foi ao ar durante o programa. Com a respiração ofegante, ela conta que já tentou suicídio por 5 vezes e pediu ajuda aos participantes. “Ela já fez o mais importante que é falar sobre o assunto, este é o primeiro passo”, aponta Guerreiro e faz um alerta apelando para a compaixão de quem está em volta de pessoas suscetíveis ao suicídio. “É preciso destinar tempo para ouvir e acolher”, finaliza.

Acompanhe no vídeo do programa mais informações sobre as técnicas respiratórias e o depoimento emocionante desta ouvinte que sofre com o problema.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá.

PUBLICIDADE


Emiliano esteve na Índia em 2017 para estudar a cultura e as práticas de ioga

Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados