Irati e Região / Notícias

11/07/17 - 15h51 - atualizada em 11/07/17 às 15h54

Reunião discutirá desapropriação de áreas às margens da PR-364

Rodovia deverá ser pavimentada no trecho entre Irati e São Mateus do Sul com recursos do BID. Reunião acontece nesta terça-feira, 11, às 19 h, no auditório da 4ª Regional de Saúde

Da Redação

Legenda de um antigo mapa do Paraná mostra que a PR-364 é pavimentada, mas o asfalto nunca existiu
Proprietários de áreas às margens da PR-364 entre os municípios de Irati e São Mateus do Sul estão convocados para participar de uma reunião nesta terça-feira, 11, às 19 h, no auditório da 4ª Regional de Saúde, na rua Doutor Munhoz da Rocha, em Irati. Na ocasião, o projeto de pavimentação da rodovia será explanado aos presentes, que também receberão esclarecimentos sobre os procedimentos de desapropriação do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), quando a obra for executada.

Para facilitar a vinda dos agricultores, o DER fornecerá ônibus gratuito para os interessados em participar da reunião. Em São Mateus do Sul, os passageiros vão embarcar em frente a associação da Petrobras, às 16h30. Em Irati, o ônibus sairá às 17 h em frente da propriedade do Jeocondo, na entrada do Faxinal dos Francos. As pessoas que utilizarão o ônibus deverão aguardar na rodovia. Após a reunião as pessoas serão levadas ao mesmo local.

As seguintes pessoas devem comparecer na audiência:

Maria Vaz de Araújo;
Omar Gonçalves Heraki;
Rosa Conceição de Andrade;
Sarah Ribas Schumann ou Douglas Ribas Schumann;
Verônica Cepluki;
Elcio Santanna Bombroski;
Miguel Iaschaki;
Eulébio André Carachinski;
José Carlos Anciutti Pessoa;
Alessandro Ilatchuk ou Andreia Ilatchuk.

Detalhes da obra

PUBLICIDADE
Com o projeto pronto há alguns meses, uma promessa e esperança de décadas para moradores de Irati e São Mateus do Sul pode finalmente sair do papel: a pavimentação da PR-364. Em fevereiro, os prefeitos Jorge Derbli e Luiz Adyr Gonçalves Pereira receberam a garantia do governo estadual que a obra seria licitada até o mês de julho e iniciada entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

A pavimentação do trecho de 47,7 km está orçada em R$ 140 milhões e terá aporte financeiro do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com contrapartida do governo estadual. O aporte de US$ 435 milhões do BID será aplicado num extenso rol de obras de infraestrutura em todo o Estado, sendo que US$ 235 milhões são de financiamento do BID e os demais US$ 200 milhões serão de contrapartida do Governo Estadual.

PUBLICIDADE


Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados