Irati e Região / Notícias

12/03/18 - 23h41 - atualizada em 13/03/18 às 13h09

Prefeitura de Irati altera subvenções concedidas ao Asilo Santa Rita e à Guarda Mirim

Lei municipal publicada na semana passada amplia em quatro vezes o valor da subvenção concedida ao Asilo. Outra lei reduz em 45% subvenção a Guarda Mirim

Da Redação 

Duas leis municipais publicadas em Diário Oficial na semana passada alteraram os valores máximos das subvenções concedidas pela Prefeitura de Irati ao Asilo Santa Rita e à Guarda Mirim. O benefício concedido ao Asilo Santa Rita, através da lei 4.459/2018, foi ampliado em quatro vezes se comparada à subvenção concedida no ano passado. Passou de R$ 40 mil anuais (conforme a lei 4.281/2017) para R$ 160 mil.

No caso da Guarda Mirim de Irati, que tinha subvenção de até R$ 40 mil, conforme a lei 4.259/2017, teve a concessão de subvenção reduzida em 55%, passando a até R$ 22 mil, segundo a lei 4.458/2018.

Desde 2013, as duas entidades sofreram grandes alterações nos valores das subvenções concedidas. Em 2013, quando foi aprovada a lei municipal 3.640/2013, a subvenção ao asilo passou a ser de R$ 45 mil; quando no ano anterior era de R$ 47,6 mil (lei 3.500/2012). O valor de R$ 45 mil se manteve em 2014 (lei 3.779/2014).

Em 2015, voltou a ter o valor aproximado de 2012: passou a ser de R$ 47.628,80 ao mês, segundo a lei 3.943/2015. No ano seguinte, a subvenção foi reajustada para R$ 54,4 mil (lei 4072/2016). No ano passado, foi reduzida para R$ 40 mil (lei 4.281/2017), ano em que a concessão foi equiparada àquela destinada à Guarda Mirim.

PUBLICIDADE

Guarda Mirim de Irati

Em dezembro de 2017, o prefeito Jorge Derbli recebeu em seu gabinete os integrantes da Guarda Mirim de Irati, que apresentaram a ele os resultados obtidos ao longo do ano, com a participação da fanfarra em concursos de espectro regional, estadual e nacional: 57 troféus – 51 de primeiro lugar; três de segundo e três de terceiro lugar.

Na ocasião, Derbli assinalou que pretendia ampliar a ajuda concedida à Guarda Mirim e foi até mesmo atendido no pedido de que fosse deixado um dos troféus em seu gabinete – conforme nota divulgada pela assessoria de comunicação da Prefeitura em dezembro.

Para este ano, a Guarda Mirim aguarda a construção da sede própria, orçada em R$ 450 mil e a destinação de uma emenda do deputado Nelson Justus, de R$ 170 mil, para a compra de instrumentos musicais para a fanfarra. A sede própria da Guarda Mirim é um sonho antigo: em dezembro de 2012, a lei municipal 3.614/2012 concedeu direito real de uso de uma área específica na abrangência do terreno do Parque Aquático, para a construção da sede.

Desde 2013, o valor das subvenções concedidas à Guarda Mirim também sofreu grande oscilação. Em 2013, era o dobro da subvenção concedida em 2017. Pela lei 3.636/2013, a subvenção era de R$ 80 mil. No ano seguinte, a lei 3.785/2014 a ampliou para R$ 100 mil.

Em 2015, foi concedida subvenção de até R$ 25 mil (lei 3.950/2015), com subsequente aumento em R$ 20 mil, em junho daquele ano (lei 3.985/2015). Em 2016, a subvenção foi reduzida a R$ 20 mil (lei 4.110/2016), com aumento de R$ 13 mil em abril (lei 4.120/2016).

No ano passado, pela lei 4.259/2017, ficou em R$ 40 mil, sendo reduzida em 55% para este ano – R$ 22 mil (lei 4.458/2018).

Leis aprovadas pelo Executivo garantem repasse de subvenções ao Asilo Santa Rita e Guarda Mirim

Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados