Irati e Região / Notícias

22/02/17 - 19h23 - atualizada em 22/02/17 às 19h48

Pavimentação da PR-364 deve ser licitada até julho

Em reunião em Curitiba, prefeitos de Irati e São Mateus do Sul receberam a garantia que a obra será iniciada até o início de 2018

Rodrigo Zub, com reportagem de Paulo Henrique Sava e Rodrigo Zub

Projeto prevê a pavimentação de 47 km. Obra tem custo estimado de R$ 140 milhões
Com o projeto pronto há alguns meses, uma promessa e esperança de décadas para moradores de Irati e São Mateus do Sul pode finalmente sair do papel: a pavimentação da PR-364.

Na manhã de terça-feira, 21, os prefeitos de Irati, Jorge Derbli, e de São Mateus do Sul, Luiz Adyr Gonçalves Pereira, participaram de uma reunião com técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e da secretaria de Infraestrutura e Logística do Paraná (SEIL), em Curitiba, para discutir o assunto. Os prefeitos receberam a garantia que a obra será licitada até o meio do ano e iniciada entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

A audiência em Curitiba contou com as participações do secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho (Pepe Richa) e dos deputados estaduais Alexandre Curi e Hussein Bakri.

Projeto financiado pelo BID

Secretário Pepe Richa expôs situação do projeto aos prefeitos Jorge Derbli e Luiz Adyr
A pavimentação da PR-364 está no rol de obras a serem financiadas pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimentos em infraestrutura. O valor total do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná é orçado em US$ 435 milhões. Deste valor, US$ 235 milhões são previstos no empréstimo junto ao BID e os outros US$ 200 milhões são de contrapartida do Governo do Paraná.

Dentro das obras que serão financiadas pelo BID, estão a construção de contornos em diversos municípios, pavimentação de rodovias de chão batido, e também duplicações. Entre as obras programadas estão os contornos de Wenceslau Braz, Marechal Cândido Rondon e Castro. Também há obras de pavimentações do acesso de Coronel Domingos Soares, da ligação entre Pitanga a Mato Rico, além da pavimentação entre São Mateus do Sul e Irati (Sul).

Obra orçada em R$ 140 milhões

“Quando eu recebi o convite para vir para Curitiba e falaram para mim que era para anunciar a estrada, eu vim com o pé atrás, porque estamos esperando há muito tempo. Porém, eu vi que existe uma união de deputados e forças políticas brigando pelo bem comum que é a estrada que vai trazer desenvolvimento a região. Foi apresentado o projeto, um financiamento aprovado pelo BID, um projeto que o governador vem trabalhando há muito tempo. Serão investidos R$ 140 milhões para 47 km de pavimentação”, afirma Derbli.

Prefeitos de Irati e São Mateus do Sul exibem o projeto de pavimentação da PR-364
Técnicos do DER disseram durante a audiência com os prefeitos que a licitação deve ser realizada entre os meses de junho e julho. “Provavelmente até o fim do ano teremos o início da obra com a ordem de serviço”, comemora o prefeito de Irati.

Pepe convidou os prefeitos de Irati e São Mateus do Sul para acompanhá-lo durante uma visita técnica em Brasília/DF, que discutirá os últimos detalhes da pavimentação da rodovia, no mês de março.

“Durante um longo período ele [recurso do BID] foi barrado a nível federal por picuinhas políticas, que acabava trazendo um prejuízo na liberação desse recurso. Com as mudanças que ocorreram recentemente esse recurso avançou. Avançou também porque o governo do Paraná manteve suas contas em ordem e seu orçamento equilibrado. Isso credenciou o estado a ser habilitado para receber esses recursos de empréstimos do BID”, salienta o secretário da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.

Técnicos do BID também realizarão uma visita técnica na SEIL, no dia 3 de abril, para discutir os trâmites burocráticos. “A expectativa é de que no início de junho esse projeto já está finalizado do ponto de vista de engenharia e seja encaminhado ao STN [Secretaria do Tesouro Nacional]. Tão logo esteja protocolado no STN, ele já pode ser encaminhado para licitação”, explica o secretário.

Por se tratar de uma concorrência internacional, o processo licitatório deve demorar mais tempo para ser finalizado. Contudo, segundo Artagão, o contrato garante que a obra não será paralisada em razão de questões políticas, já que o Executivo Estadual será comandado por outro governador a partir de janeiro de 2019.

“Estamos falando de um projeto que é um sonho e uma necessidade de uma região. Mesmo com as alterações de governo que ocorrerão em 2018, ela não vai provocar risco. O governador determinou que essa obra fosse prioritária, dentre tantas outras que estão nesse convênio. Há sete anos estivemos no Riozinho, eu e uma pequena comitiva recebendo o Pepe Richa, e já discutíamos aquela obra que agora se torna uma realidade”, afirma Artagão.

Projeto apresenta um desvio no bairro Riozinho

Reunião em Curitiba teve a participação de técnicos do DER e da SEIL
Durante a audiência em Curitiba, os técnicos do DER e da SEIL apresentaram o projeto de pavimentação da rodovia, que possui um desvio antes do bairro Riozinho, em Irati. “O desvio aproveita melhor o fluxo, diminui eventuais riscos naquela comunidade, preservando a segurança e tem uma melhor logística por esse desvio”, comenta o secretário.

De acordo com Artagão, a intenção é que sejam criadas duas frentes de trabalho, sendo uma em Irati e outra em São Mateus do Sul. O objetivo é cumprir o cronograma de obras dentro de um prazo máximo de dois anos. A expectativa é que a obra possa gerar de 200 a 300 empregos, além de proporcionar desenvolvimento regional, geração de renda e emprego e industrialização.

Derbli também comentou que a pavimentação da rodovia vai auxiliar o transporte da produção agrícola dos moradores da região e proporcionar uma interligação da BR-153 para região Sul do PR e norte de SC. “Vai sair à obra graças ao empenho do governo do Paraná. Senti firmeza”, resume.  

PUBLICIDADE



Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados