Irati e Região / Notícias

04/11/09 - 00h32

Município investe em programa de coleta de lixo reciclável

Assessoria/ Prefeitura de Irati

O barracão se tornou pequeno para os mil quilos de recicláveis coletados todos os dias
Há pouco mais de três anos o programa de coleta seletiva de lixo reciclável é desenvolvido em Irati pela Cooperativa dos Catadores e Agentes Ambientais de Irati – COCAAIR, com apoio da Prefeitura Municipal. Os serviços de separação, triagem e acondicionamento dos materiais coletados são centralizados em um barracão de 150m² localizado no Jardim Aeroporto, cedido pela Prefeitura.

“O espaço se tornou pequeno pela quantidade de material que chega diariamente, em média mil quilos, e considere-se que o material não pesa, é só volume”, diz o técnico da Secretaria Municipal de Ecologia e Meio Ambiente, Osnei Abel Lopes, que atua como coordenador dos trabalhos da cooperativa.

Sem qualquer interferência da Prefeitura, a comercialização do material é de responsabilidade da COCAAIR e o dinheiro arrecadado com a venda de recicláveis é dividido entre os cooperados. A média mensal é de R$ 300,00 por cooperado.

Reflexo da crise financeira mundial, a queda de preços de materiais recicláveis ocasionou a redução do faturamento da cooperativa. “Papelão e alumínio são o carro-chefe dos recicláveis e por causa dos baixos preços muitas cooperativas fecharam”, relata Osnei Abel.
Exemplos não faltam, conforme contabiliza o técnico: o preço pré-crise do papelão girava em torno de R$ 0,40 o quilo, e agora é R$ 0,15. O quilo de lata de alumínio chegou a ser vendido a R$ 3,50 e caiu para R$ 1,80, em média. O jornal, que hoje não passa de R$ 0,06 o quilo, já foi vendido a R$ 0,25.

A queda dos preços dos recicláveis motivou muitos cooperados a desistir da idéia. Quando iniciou as atividades, em 2006, a COCAAIR contava com 24 integrantes e chegou a manter uma lista de espera com 40 pessoas interessadas em se associar. Hoje, 18 cooperados atuam na separação, triagem, acondicionamento e comercialização dos materiais. A coleta na rua é feita por quatro funcionários cedidos pela Prefeitura, que fornece ainda dois caminhões para o serviço e cobre os custos de gás, luz, água e telefone do barracão da cooperativa.

Participação popular é fundamental

O sucesso do programa depende da colaboração dos moradores dos bairros da cidade e dos distritos de Gonçalves Júnior e Guamirim, para onde foi estendida a coleta seletiva. Visando preservar a saúde dos trabalhadores da COCAAIR, solicita-se que, as pessoas não misturem materiais recicláveis com lixo orgânico, e que os recicláveis sejam encaminhados limpos e secos para a coleta. Outra recomendação é para que vidros sejam acondicionados em sacola separada para que os catadores não se machuquem na coleta ou na triagem.
Aos comerciantes em geral há uma recomendação a mais, relacionada ao isopor. Por não ser reciclável, a COCAAIR não faz coleta de embalagens e outros materiais feitos de isopor. “Lojas que geram grande volume de lixo com isopor devem fazer a devolução para a indústria fabricante, que tem obrigação de dar a correta destinação ao material”, orienta Osnei Abel.

Como colaborar

A reciclagem é uma das formas de colaborar para a preservação do meio ambiente que está ao alcance de todas as pessoas. Em casa e nos locais de trabalho, basta separar papel, papelão, plásticos, vidros, metais e alumínio – limpos e secos. Os caminhões da cooperativa percorrem os bairros de acordo com o seguinte roteiro:
- Segunda-feira: Alto da Glória, região da Rodoviária, Colégio São Vicente, Nhapindazal, Conjunto Fragatas, Loteamento Tucholka, Vila Nova, Canisianas e bairro Choma.
- Terça-feira: bairros Floresta, Dallegrave, Centro e Colina Nossa Senhora das Graças.
- Quarta-feira: Conjunto Santo Antonio, Rio Bonito, proximidades do Fórum, Jardim Califórnia, São Francisco, Camacuã, Seminário, Ouro Verde e bairro Gomes.
- Quinta-feira: Alto da Lagoa, BR 277, bairro Stroparo, PR 153, Vila São João e Colégio Florestal.
- Sexta-feira: Riozinho, Unicentro, Engenheiro Gutierrez e Centro da cidade.
- Sábado: bairro Lagoa.

Mensalmente a coleta de materiais recicláveis é feita nos distritos de Gonçalves Júnior e Guamirim. As localidades rurais a serem atendidas são comunicadas com antecedência através das emissoras de rádio.

Outras informações sobre a coleta seletiva podem ser obtidas na COCAAIR, telefone 3907-3042.

Comentários

Enquete

Você concorda com o uso do celular em sala de aula?

  • não
  • sim
Resultados