Irati e Região / Notícias

06/11/18 - 10h45

Menores são flagrados bebendo na Praça Etelvina Andrade Gomes

Além da venda de bebida alcoólica a menores, o caso também envolve o consumo em local público, proibido por legislação municipal

Da Redação 

Praça Etelvina Andrade Gomes

Um grupo de cinco adolescentes foi pego em flagrante consumindo bebidas alcoólicas, na Praça Etelvina Andrade Gomes, na quinta-feira (1º). A Guarda Municipal abordou o grupo durante patrulhamento. 

Depois da abordagem, os adolescentes informaram que a bebida foi comprada num estabelecimento comercial na Vila Nova. O caso foi repassado ao Conselho Tutelar.

A lei federal 13.106/2015 criminaliza a venda de bebidas alcoólicas a crianças e adolescentes. O dispositivo legal também proíbe fornecer, servir, ministrar ou entregar bebidas ou outras substâncias que causem dependência a menores. A norma prevê pena de dois a quatro anos de detenção a quem fornece a bebida, além de multa entre R$ 3 mil e R$ 10 mil pelo descumprimento da determinação e, como medida administrativa, a interdição do estabelecimento.

PUBLICIDADE

Na esfera municipal, a lei 1.642/2011, que restringe o consumo de bebida alcoólica em logradouros públicos (como ruas, praças e parques) visa coibir, também, esse tipo de situação. Adolescentes, que não podem frequentar bares nem bebem em casa, diante dos pais, recorriam às praças para consumir álcool. A lei municipal pretende desestimular essa prática.

Situação semelhante foi detectada no início da madrugada de sábado (3), no Parque Aquático, no bairro Rio Bonito. Três pessoas foram abordadas, identificadas e orientadas sobre a lei que proíbe o consumo de bebida em local público.

PUBLICIDADE

Dano ao patrimônio

O Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Conjunto Joaquim Zarpellon voltou a ser alvo de vandalismo no final de semana. Por volta das 1h20 da madrugada de sábado (3), a Guarda Municipal foi acionada a comparecer ao local e verificou que houve dano na tampa da caixa acoplada num dos sanitários masculinos. Segundo a Guarda Municipal, não foi possível constatar a autoria do dano.

PUBLICIDADE

Manobras irregulares

Na tarde de domingo (5), a Guarda Municipal foi acionada para comparecer na Rua 28 de Maio, no Conjunto Fragatas, sob a denúncia de que motociclistas faziam manobras perigosas, colocando os moradores em risco. No local, os guardam observaram um motociclista empinando a moto, em alta velocidade.

Ao notar a aproximação da viatura, ele fugiu e recolheu a moto ao pátio de sua casa, na Rua Três Pinheiros. Sem autorização, os agentes não entraram na residência, mas puderam verificar no sistema de identificação que o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Foram lavrados os autos de infração de trânsito.

Quer receber notícias locais? Envie whats para 42 991135618 SIM NOTICIAS ou cadastre seu e-mail na newsletter pelo site da Najuá

Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados