Irati e Região / Notícias

18/02/17 - 12h02 - atualizada em 18/02/17 às 13h13

Leandre se reúne com prefeitos e pede apoio na instalação do Erasto

Unidade Avançada do Erasto Gaertner em Irati vai atender a todos os municípios da Amcespar, inclusive Prudentópolis, que passa a integrar a 4ª Regional de Saúde

Edilson Kernicki, com reportagem de Paulo Henrique Sava 

PUBLICIDADE
A deputada federal Leandre Dal Ponte (PV-PR) se reuniu com os prefeitos da região, na sede da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná (Amcespar), na manhã desta sexta-feira (17), para falar sobre a instalação da Unidade Avançada do Hospital Erasto Gaertner em Irati, na antiga sede da ANAPCI, no Loteamento Pabis.

Na ocasião, a deputada pediu apoio dos gestores municipais na efetivação dessa conquista, há muito tempo aguardada. O atendimento desse “braço” do Erasto deve iniciar no próximo mês, com a entrega da estrutura prevista para o dia 22 de março.

Leandre salientou a importância da união de forças para a realização deste sonho da comunidade regional. A deputada frisou o relato do prefeito de Rebouças, Luiz Everaldo Zak, que perdeu a esposa, que sofria de câncer, há alguns anos. “Ele, quando se começou a falar da vinda do Erasto para Irati, ele foi uma pessoa que dizia que não acreditava. Tenho certeza de que muitas pessoas que ouviram, num primeiro momento, também não acreditavam. Quando começamos a trabalhar em conjunto, de uma forma verdadeira, querendo o bem das pessoas, isso é possível”, afirmou.

A deputada comentou que, desde a primeira conversa que teve com a direção do Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba, sobre a possibilidade de implantar essa Unidade Avançada, afirmou a eles que se surpreenderiam com a força e com a união dos iratienses e das lideranças da região em apoio a esse propósito.

Leandre enfatiza a importância do papel da instituições organizadas, como a ANAPCI, na consolidação desse projeto de trazer um “braço” do Erasto para a região, ao ceder sua sede própria para a criação da Unidade Avançada. “Também como o exemplo do atual prefeito [Jorge] Derbli, que lá atrás, já doou um terreno onde será construído um futuro hospital. Assim como a Câmara de Vereadores de Irati, que fez o repasse de um recurso que eles haviam economizado. Tudo isso foi ajudando para que nós pudéssemos, cada vez mais, ter um respaldo”, comentou.

Segundo a deputada, logo que ela foi até Curitiba fazer a solicitação à direção do hospital oncológico, ela fez um empenho não só de sua palavra, mas de um compromisso que a região Centro-Sul teria com a instituição.

“Tenho a certeza de que a vinda não só de um hospital oncológico, mas de um dos principais hospitais oncológicos do País, é um ganho para a região de Irati, mas, principalmente, para todos os pacientes que precisam e para suas famílias”, disse.

Leandre solicitou apoio dos prefeitos para a instalação do Hospital Erasto Gaertner, em Irati

Uma estatística da Secretaria Estadual de Saúde (SESA), apontada por Leandre, indica que cerca de 80% dos pacientes que hoje precisam ir até Curitiba para realizar o tratamento poderão ser atendidos na Unidade Avançada. Segundo a deputada, a iniciativa de tentar buscar trazer um braço de uma instituição já existente resulta da necessidade de descentralizar o atendimento e, ao mesmo tempo, advém do fato que a lei limita cada vez mais a criação de novos serviços de saúde, próximos da população, pela própria dificuldade em manter essas estruturas. Com uma instituição referência, o processo se facilita. A opção pela região de Irati, inclusive, reflete o fato de que ela concentra, no Paraná, uma das maiores incidências de câncer.

“É uma instituição séria, de referência nacional, de resolutibilidade no tratamento. É um grande ganho. Por isso, o Estado também foi parceiro nesta luta. O secretário de Estado [da Saúde] do Paraná [Michele Caputo Neto] tem uma relevância muito grande nesse processo. A [4ª] Regional de Saúde entendia a necessidade que se tinha, mas também não queria trazer qualquer coisa para cá. Não queria transformar um sonho numa inviabilidade. A extensão do Hospital Erasto Gaertner permitiu esse credenciamento de um serviço novo, o que é muito difícil conseguir, pudesse ser possível através dessa extensão de um serviço já existente, que é o Hospital Erasto”, explicou.

O presidente da Amcespar, Júnior Benato, prefeito de Inácio Martins, comemorou a efetivação do braço do Erasto em Irati. “Se eu falei que o Erasto terá um braço aqui na nossa região, na sede de Irati, na Amcespar, na verdade, ele vem com uma equipe com corpo inteiro. Não sobreviveremos só como um braço, mas com o corpo inteiro. E esse corpo dá a dimensão de todo o envolvimento de todos os prefeitos de todos os municípios, da ANAPCI, de todas as pessoas envolvidas. Tivemos esse sonho, como disse o prefeito Zak, de Rebouças, que não acreditava, mas que hoje está se tornando realidade. Isso vai realmente encurtar o caminho daquelas pessoas que iam até Curitiba”, ressalta. 

Benato destacou o empenho de todos os prefeitos para a instalação da unidade do Erasto na região

PUBLICIDADE

Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados