Irati e Região / Notícias

10/10/17 - 16h48 - atualizada em 10/10/17 às 17h01

Iratienses opinam sobre abertura de supermercados aos domingos

Para algumas pessoas, abertura dos estabelecimentos trará mais comodidade para as compras. Já na opinião de outros, esta medida acabaria com as folgas dos funcionários

Paulo Henrique Sava

PUBLICIDADE
Um decreto assinado pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB), classificou os supermercados como serviços essenciais. Esta medida autoriza que os estabelecimentos também possam abrir aos domingos, assim como os postos de gasolina, farmácias e panificadoras.

No entanto, o decreto nº 9.127/2017, que atualiza o decreto 27.048/1949, que elenca as atividades essenciais da economia, estabelece que a abertura dos supermercados aos domingos depende de negociações entre patrões e empregados. Além disso, é preciso que seja criado um Projeto de Lei para que seja enviado à Câmara de Vereadores para aprovação e posterior sanção pelo prefeito municipal. 

Em Irati, nossa reportagem foi às ruas para saber a opinião da população a respeito deste tema. O comerciante Antônio Carlos, morador da Vila Nova, opina que a abertura dos supermercados irá favorecer principalmente os trabalhadores. “Vai ser bom porque no domingo nós poderemos comprar muitas coisas”, comentou.  

Na opinião da dona de casa Ana Rosa, se houver a necessidade de comprar algum produto no domingo, o supermercado estará aberto. Esta opinião também é compartilhada por Maria Nelci. “Eu acho uma boa, porque às vezes não dá tempo de comprar no sábado, mas aos domingos será bom”, frisou. 

Maria Nelci, Ana Rosa e Antônio Carlos, da Vila Nova

O vendedor Daniel Pereira Lopes, do Jardim das Américas, acredita que a medida irá facilitar a vida da população, oferecendo maior comodidade para as compras. “Tem empresas que trabalham com horários difíceis, o esposo trabalha em um horário e a esposa trabalha em outro, e no domingo, quem gosta de sair com a família para fazer o ‘rancho’ da casa, isto vai facilitar bastante, até porque, nos grandes centros, (os supermercados) todos os dias estão abertos”, comentou. 

Daniel Pereira Lopes, vendedor

O aposentado Marciano Dziadzio, morador do bairro Floresta, acredita que o funcionário merece ter um dia de descanso depois de trabalhar a semana toda. Por isso, ele diz ser contrário à abertura dos supermercados aos domingos. “Chegando no domingo, ele ou ela quer um descanso, uma folga para sair com a família, almoçar tranquilo, ir à igreja. O próprio Deus, quando criou o mundo, em seis dias trabalhou, e no sétimo ele sentou para descansar. É o exemplo que ele deixou para nós, seres humanos: trabalharmos a semana inteira e no sétimo dia sentar para descansar o corpo e preparar a alma”, pontuou. 

Marciano Dziadzio, morador do bairro Floresta

Na opinião da vendedora Rosane Ivanski, não há necessidade de os supermercados abrirem aos domingos, pois a população está habituada a fazer suas compras durante a semana. Já para a dona de casa Silvana Surek, a medida trará mais comodidade para a população. “As vezes, a gente precisa comprar alguma coisa, mas (o supermercado) está fechado. Isto vai facilitar a vida da população com certeza”, comentou. 

Paulo Sérgio Zarpellon opina que Irati ainda não comporta supermercados abertos aos domingos, a não ser que houvesse um acordo entre funcionários e patrões e que fosse pago 100% do valor das horas extras trabalhadas neste dia. “Os trabalhadores merecem, pois eles não vão deixar de ficar com a família para ganhar a mesma coisa trabalhando aos domingos. Eu não acho justo”, afirmou. 

Já na opinião do iratiense Paulo Molina, a abertura dos estabelecimentos até as 14 horas possibilitaria ao trabalhador que fizesse suas compras com tranquilidade no domingo. “Eu apoio, mas até as 14 horas, com limite de pessoal trabalhando, pois o movimento é pequeno. Se for para abrir o dia todo, eu não concordo, porque domingo é dia para descansar”, frisou. 

Paulo Molina diz que abertura dos supermercados aos domingos pode facilitar a vida da população, mas defende que estabelecimentos abram somente até as 14 horas

O estudante Rafael Mayer Podgurski opina que, ao mesmo tempo que a medida é boa para a população, ela é ruim para os funcionários e patrões. “É ruim pelas horas extras que eles têm que pagar. Este é o outro lado da situação”, comentou. 

O comerciante Nei Zuber opina que seria interessante os supermercados abertos, uma vez que os pequenos armazéns e bares costumam ficar lotados neste dia. Já para Eliza Zuber, a abertura dos supermercados aos domingos também é boa. “Tem gente que trabalha a semana inteira e não tem tempo, e no domingo seria bem viável”, finalizou. 

PUBLICIDADE

Comentários

Enquete

Supermercados abertos em domingos e feriados é uma boa ideia?

  • não
  • sim
Resultados