Matérias / Irati de Todos Nós

05/07/12 - 13h41 - atualizada em 05/07/12 às 17h01

O maravilhoso futebol de Irati - Parte III

Por José Maria Gracia Araújo


Manifesto sobre o Esporte                                       
           
01 – O esporte é toda a atividade física com caráter de jogo, que adote forma de luta consigo mesmo ou com outrem, ou constitua um confronto com os elementos naturais.
02 – Se a referida atividade implica em competição deverá ser sempre realizada com espírito desportivo. Sem jogo limpo não pode haver o verdadeiro esporte.


O nosso Boa Tarde a todos, desejando-lhes muita paz, harmonia e amor em seus lares e em seus corações. Esses são meus votos e de meu convidado “virtual” Professor José Maria Orreda. Desejando todos vocês, caríssimos ouvintes, estejam desfrutando com a máxima satisfação esta maravilhosa coletânea histórica sobre o passado do MARAVILHOSO FUTEBOL DE IRATI. 

Professor Orreda, no programa passado exaurimos os acontecimentos esportivos e sociais do nosso querido Iraty Sport Club. Hoje daremos seqüência, retomando tão fascinante assunto, a partir no início de 1919. Não é mesmo?

É isso mesmo Zé Maria Araújo. Mas antes disso, gostaria de observar aos teus ouvintes sobre o quanto intensa era a atividade do futebol de Irati, naqueles primeiros anos de sua existência. Você já utilizou-se de dois dos seus programas para discorrer sobre apenas três anos e meio de atividades do Azulão. Abril de 1914 (mês e ano da sua fundação) até dezembro de 1918. Visto isso, gostaria que você continuasse com as suas explanações, Zé Maria.


Com a máxima satisfação, professor Orreda!
Bem, prezados ouvintes, Já naquele início do ano de 1919, a Liga Sportiva Pontagrossense convidou o Iraty para o campeonato daquele ano. O Azulão, teve apenas quatro meses para se preparar para tão importante certame, e já, como parte dos seus preparativos, em 23 de abril jogou amistosamente contra o Florestal Foot Ball Club, da Serraria São Joaquim do município de Teixeira Soares, vencendo-o por 4 X 2 e formando com: Luiz Santos, Alderico Pires e Plínio Motta; Vidal Marinho, Zacarias Souza e João Dantas; Julio Posselt, Antonio Lanzoni, Antonio Xavier, Francisco Molinari e Valentin Silveira. Como não poderia ter deixado e existir algum problema, conta-se que a equipe do Iraty não dormiu, por ter viajando de carroça, a noite toda, para o local jogo. Isso sim era espírito esportivo, o resto... bem o resto, todos vocês sabem como tudo acontece nos dias de hoje. Sem comentários, portanto. 

O início oficial da sua participação no campeonato da Liga se deu no dia 1º de abril de 1919, quando aconteceram os jogos do Torneio Innitium, uma espécie de competição que antecedia os campeonatos e que era destinada a apresentação das equipes que disputariam o certame. 


Novamente, por carência de condições financeiras do Clube, cada jogador pagou suas próprias despesas de viagem e estadia em Ponta Grossa, pois a renda do torneio seria destinada a Liga, para custear suas próprias despesas. Neste Torneio Innitim o Iraty foi desclassificado pelo Botafogo (não seu precisar de que cidade era), mas sei que esta desclassificação deveu-se, não por ter perdido o jogo que deve ter terminado empatado, mas sim porque durante o mesmo cedeu dois corners, contra nenhum do adversário. Portanto perdeu por dois corners a zero. Pode? Pode sim, isso era muito comum antigamente. Quando duas equipes empatavam em um jogo, o primeiro critério de desempate eram os pênaltis, se algum dos times tivesse praticado um ou mais pênaltis e o adversário não, perderia o jogo por X a Y pênaltis. Se não houvesse ocorrido nenhuma penalidade, prevalecia então o segundo critério, o de corners concedidos ao time contrario. Eita, futebol complicado este do passado! 

Para este campeonado o Iraty conseguiu mandar seus jogos no campo do Operário Fool Ball Club e a tabela dos jogos do Iraty foi a seguinte:

01 de junho – Torneio Innitiun
08 de junho – Caramuru x Iraty
06 de julho  - Borafogo x Iraty
27 de julho  - Iraty x Kaki ( já conto quem era a equipe do Kaki)
17 de agosto-Iraty x Pontagrossense

O Kaki Foot Baal Club era a equipe que representava o 10º Batalhão aquartelado em Ponta Grossa e o Pontagrossense substituira o Grarany Sport Club. Kakí era uma referência a cor da fruta do Kakí (verde - amarelada) utilizada nas fardas militares da época. Tudo isso é história, professor José Maria Orreda, Não é mesmo?

Como Não, Zé Maria, Tudo isso é história e história impregnada de muita ingenuidade e romantismo. 

Hiiiiiii! Professor Orreda, será que devo contar para os ouvintes o que aconteceu já no terceiro jogo do nosso Iraty? Devo contar? Então, lá vai! Se não bastasse a viagem de carroça e a noite sem dormir do Torneio Innitiun, algo mais sério viria  acontecer neste jogo que, segundo a tabela, deveria se realizar no dia 06 de julho  contra o Botafogo em Ponta Grossa. O trem atrasou e o Azulão não conseguiu seguir viagem até aquela cidade, perdendo os pontos do jogo, fazendo com que a Diretoria resolvesse retirar a equipe da Liga, devido aos constantes atrasos dos trens, e deliberou que se organizasse um campeonato interno, com três “teams” do próprio Iraty Sport Club, mais o Bello Horizonte Foot Ball Club, de Rebolças. Um campeonato de quatro Clubes. O bom foi que muitos atletas que teriam de ficar de fora dos jogos da Liga puderam participar do campeonato interno. 

Alguns nomes mais conhecidos eram: Emilio Gomes Sobrinho, Antonio Esculápio, Júlio Posselt, José Posselt, Gumercindo Esculápio, José Berlintes, Mario Esculápio, Luiz Veiga, Pedro Floriani, Pedro Broboski, Rozala Garzuze, Basílio Sapla, Índio de Sá, Vidal Marinho, Itaciano Esculápio, Estephano Sapla, Mario Vieira, Álvaro Pires, Ovídio Saldanha Muniz, entre outros cidadãos/atletas de Iraty do passado.


Olá, pessoal de Rebouças, a equipe Belo Horizonte, representante deste vizinho município, apresentou-se com os seguintes atletas: Antonio Santana, Florido Cabral, Leôncio Chapenski, João França, José Molinari, Henrique França, Waldomiro Andrade, José Ayub, Julio Affonso, João Ezydio, Gymezio Assunpção, Estephano Cafka e João de Andrade. 

Mais, o causo inda não acaba por aí. Os organizadores do campeonato municipal, estabeleceram que cada atleta pagaria 1$000 (um mil reis), valor esse que totalizou 52$000 (cinqüenta mil reis) que foram destinados a aquisição de 13 medalhas de prata que seriam conferidas como premio ao team vencedor do campeonato.

O campeonato transcorreu sem muitos incidentes até quase o seu final. No entanto após os jogos de primeiro turno, ocorreu uma crise interna no Iraty Sport Club, devido a eliminação de alguns de seus atletas e dirigentes e o segundo turno não se realizou.

História... História... E mais história, professor José Maria Orreda.

Zé Maria, não poderia deixar de acrescentar aos grandes eventos acontecidos neste ano de 1919, a grande conquista da Seleção do Brasil que venceu o Campeonato Sul Americano, daquele ano, formado com: Marcos, Pindaro e Bianco; Sérgio I, Amílcar e Fortes; Millon, Neco, Friedenreich, Heitor, Domingues e Arnaldo. Esta foi a primeira conquista brasileira neste certame Sum-Americano. O estádio do Fluminense, as Laranjeiras, no Rio, foi construído para este campeonato.

Mais história, professor Orreda. E esta nos lembra que no passado, também, a nossa seleção obteve grandes vitórias para o nosso futebol nacional.


Professor José Maria Orreda, estamos agora adentrando o ano esportivo de 1920 e em seu livro eu encontrei as seguintes informações: 
Para comemorar a nova “reorganização” do Club, foram convidados o 1º e 2º quadros do Teixeira Soares Foot Ball Club e para recepciona-los foi constituída uma comissão de recpção formada por alguns diretores do Iraty. Ficando responsável pelo discurso de boas vindas o cisadão Antonio Xavier da Silveira. João Antonio Moreira, acompanharia os visitantes em um giro pelos clubes da cidade e em passeios pela Vila. A comissão do baile foi composta por, Oudinot Santos, João Vieira, Emilio Gomes Sobrinho e Oscar Ferreira. “Ao bota fora, deverão comparecer todos os sócios e a diretoria em peso” Esta era a recomendação pata o final das festividades. 

A equipe visitante foi recebida no dia 29 de junho, daquele ano de 1920, com muitos fogos, muita música e sonoros vivas. O trem chegou no horário, para o alivio de todos e foram feitos discursos e saudações já na entrada do Hotel. A partida entre os segundos quadros terminou empatada em 1 x 1 e a dos times principais foi vencida pelo Iraty por 2 x 1. Os festejos foram abrilhantados pela Banda de Música de Irati que teve como regente o Maestro Jacob Schemberger e contra-mestre Theodoro Keppen.

Sabe, Zeca Maria Araújo, esta foi uma das primeiras grandes vitórias do Iraty Sport Club, pois, pouco tempo antes, o Teixeira Soares havia derrotado, em seus próprios campos, o Operário de Castro e o Operário de Ponta Grossa e, era por isso considerado o time mais forte de toda alinha sul do estado do Paraná. 


Também, neste mesmo mês de julho de 1920, viria a acontecer mais um importante fato para as atividades esportivas da nossa querida Irati. 
No dia 16 de julho, a diretoria do clube, nomeou uma comissão para entender-se com o Sr. Emílio Baptista Gomes, visando aquisição ou arrendamento de um terreno de sua “propriedade”, que seria destinado a pratica de futebol. No mês de agosto, a comissão formada por, Trajano Teigão, João Anastácio Dellê e Antonio Xavier da Silveira foi falar com o Sr. Emílio Gomes sobre o terreno para o novo campo de futebol do Iraty e obteve a seguinte resposta: Não quero vender ou arrendar por prazo indeterminado o espaço de terra que o Iraty precisa. Mas, podem fazer os reparos necessários no terreno e ocupar o mesmo pelo espaço de tempo que necessitarem, pois não os incomodarei e não é preciso fazer um contrato. Ele deve ter tido as suas razões para agir assim.
Em vista de não encontrar, então, um terreno mais apropriado para o seu campo, a diretoria do Iraty aceitou a oferta e não podendo fazer os reparos para um campo definitivo, fez o que lhe foi mais econômico e possível, terraplanando o espaço estritamente necessário para, livre e sem perigos, praticar o futebol. 

Zeca Maria, uma outra curiosidade daquela época é que a maioria das reuniões do Iraty aconteciam em uma das salas da Pharfacia Apollo e que para vestir a camisa do clube como atleta, o interessada deveria ser sócio e estar em dia com as suas mensalidades.

Neste ano de 1920, o Iraty participou de inúmeros jogos de futebol. Uma dessas partidas foi no dia 7 de setembro daquele ano, quando jogou e perdeu para o Marechal Mallet, por 5 x 3. Já, no dia seguinte, 08 de setembro, voltou a jogar, desta vêz contra o Garibaldi Sport Club de Ponta Grossa, ganhando por 5 x 2, tendo cedido dois jogadores aos visitantes, que veio desfalcado, para participar do jogo e da festa de Nossa Senhora do Luz, padroeira local.

Em 16 de outubro de 1920, o Grêmio Flores da Primavera, formado por senhoritas da Vila, convidou a diretoria do Iraty para a posse de sua primeira diretoria que foi realizada nas dependências do Clube Beneficente de Irati. Neste mesmo mês a população de Irati programou um pic-nic em Teixeira Soares e o Iraty Sport Club acertou um jogo com o Teixeirasoarense. Ficou acertado que para este jogo o Iraty não poderia incluir em seu time atletas residentes em outros municípios ou que morassem a mais de 12 km distante da sede municipal. Eita, regulamento severo seo! 

Em 31 de outubro o Iraty jogou e ganhou por 6 x 0 do time do Fernandes Pinheiro Foot Ball Club.

Zéca Maria Araújo, é bom que se diga, que nesta partida contra o time de Fernandes Pinheiro, aparece pela primeira vez o nome do teu pai, Primo Araújo, entre os atletas do Iraty Sport Club, que formou com: Berlintes, Alderico e Cazito; Primo, Maurílio e Pedro; Oudinot, Flavio, Xavier, Avelino e Berto. O curioso é que o Primo se destacou no futebol de Irati, jogando de ponta direita e nesta escalação ele aparece da posição de Alf direito. Talvez por necessidades técnicas daquele jogo.


Acredito que sim, professor Orreda. Mas este jogo contra o Fernandes Pinheiro me faz lembrar de uma informação que meu pai, certa ocasião, me confidenciou. Me dizia ele, que em um dos jogos que o Iraty fez na cidade de Fernandes, ele e alguns outros atletas da equipe foram até a vizinha cidade, em um automóvel Ford ano 29, de sua propriedade e que na volta, já ao cair da noite, queimaram-se os faróis do carro e um dos pneus furou. Como solução, segundo meu pai, foi; Encher o pneu de capim e colocar um companheiro seu sentado no capô do Ford, com uma lanterna na mão, para iluminar o caminho de volta. Coisas do futebol do passado. E, ainda, depois de todos esses sacrifícios que incluem, viagens de carroça, pneus recheados com capim e atletas iluminando com lanterna caminhos de volta, corremos o risco de termos o nosso Iraty Sport Club, há menos de dois anos de seu centenário de existência, deixar de existir para os anais esportivos do Paraná e do Brasil. Pode?! 

Mas, como encerramento destes primeiros seis anos de conturbadas atividades esportivas do nosso querido AZULÃO, tivemos em novembro daquele ano um acontecimento pouco conhecido por muitos iratienses. Neste encerramento do ano de 1920, a diretoria do Iraty entrou em entendimentos com a diretoria do Club Internacional, atualmente Clube do Comércio, para fusão das duas associações, tendo sido convocada uma Assembléia para tomar a devida decisão. Após a reunião formal dos dois clubes interessados, por propisição do sócio Luiz Feleppe dos Santos, o novo Clube passou a denominar-se Club Recreativo Sportivo Iratyense, conservando as cores azul e branco em sua bandeira. Neta época o Iraty era presidido pelo cidadão Trajano Teigão.

Prezados ouvintes e meu amigo Professor Orreda, jamais imaginei que a história do nosso AZULÃO, fosse tão rica assim. Havia programado uns quatro ou cinco programas para conta-la, mas creio que terei de rever essa minha previsão, e com bastante generosidade, pois muita coisa ainda tem e deve ser contada. Espero continuar contando com a maravilhosa audiência que estamos tendo, pois, em especial, este assunto é de muita importância para o desenrolar dos acontecimentos desta polêmica situação por que passa o nosso querido Iraty Sport Club. Nos acompanhem e até o próximo sábado. 






Comentários

Enquete

Em relação aos candidatos à presidência da república, você está?

  • Confuso (a)
  • Definido (a)
  • Indeciso (a)
Resultados