Cultural / Entretenimento

26/04/18 - 15h04 - atualizada em 26/04/18 às 15h04

Unicentro oferece serviço de restauração de documentos e livros

Trabalho é disponibilizado para as comunidades acadêmica e em geral

Assessoria da Unicentro


Prestar serviços à comunidade é um dos papéis de uma Universidade. Assim, é possível apresentar à sociedade e devolver a ela tudo o que se aprende e é desenvolvido numa Instituição de Ensino Superior. Uma das formas de se fazer isso é através dos projetos de extensão. Levando isso em consideração, o Centro de Documentação e Memória (Cedoc) do Campus de Irati está desenvolvendo a atividade extensionista “Resgate do patrimônio documental e bibliográfico, público ou privado, do município de Irati e região”.

PUBLICIDADE

O objetivo do projeto é oferecer serviços de conservação de documentos, livros, revistas, entre outros materiais impressos. “As pessoas guardam, porque aquilo significa alguma coisa para elas. Esse projeto visa restaurar algum documento, arquivo ou livro que esteja danificado”, explica Márcia Doré, arquivista e responsável pelo projeto. Ela ressalta que, neste projeto, não são restauradas fotografias.

O processo de conservação é feito para devolver ao material sua integridade física, não retirando as características originais. “A gente não lava, não dá banho químico no documento, que é o que vai interferir na fibra do papel, na colagem, e vai clarear o papel. A ideia é uma conservação”, conta.

O projeto, que contará com a participação de dois acadêmicos e os estagiários do Cedoc, também vai oferecer palestras e oficinas, que ensinarão o manuseio ideal para que as peças restauradas não voltem a ficar danificadas. “A ideia é oferecer oficinas para grupos de até cinco pessoas, para que a gente passe essas noções básicas de conservação de documentos. Para a palestra, a ideia é que prefeituras reúnam seus funcionários que trabalhem em arquivos, funcionários de museus, bibliotecas, para que a gente possa passar para essas pessoas as noções de um tratamento preventivo”.

Para Márcia, a necessidade do projeto surgiu quando ela percebeu que havia demanda para este tipo de serviço na comunidade acadêmica e externa a Unicentro. “Eu acho que as universidades, em geral, têm que devolver para a comunidade o que elas desenvolvem. A minha área, é a área de memória e patrimônio arquivístico. Eu vejo que as pessoas têm necessidade disso e, às vezes, não tem aonde fazer. Em geral, o valor é afetivo. Eu acho que, a Universidade envolvendo a comunidade externa e acadêmica com esse serviço, é uma forma de participar da memória das pessoas”.

Se você possui algum material que queira restaurar, basta entrar em contato com o Cedoc e solicitar um orçamento. Os preços variam entre R$15,00 a R$50,00. O telefone é o (42) 3421-3120. O contato também pode ser feito por e-mail (cedocirati@gmail.com). As vagas para oficinas e palestras ainda não estão abertas. Quem tiver interesse, deve entrar em contato por telefone e deixar o nome na lista de inscrição.

PUBLICIDADE

Comentários

Enquete

Você votaria em Lula para presidente em 2018?

  • Não
  • Sim
Resultados